Barra de Pesquisa

domingo, 31 de maio de 2020

Homem é executado com três tiros a queima roupa na cidade de Lago da Pedra – MA.


Francisco Pereira - A vítima
O crime aconteceu por volta das18:30hrs deste Sábado(30), na rua da união, bairro Cajueiro na cidade de Lago da Pedra no Maranhão. 

Francisco Pereira do Vale de 28 anos, conhecido pelo codinome de ZICA, foi executado por um indivíduo ainda não identificado, com três tiros, sendo dois na altura do peito e o outro no pescoço, vindo a morrer no local.

Entenda o caso:  Segundo informações da mãe de Francisco, seu filho tinha terminado de chegar do serviço em casa, e estaria se preparando para tomar  banho, quando  ouvira a vós de uma pessoa chamando pelo nome de seu filho, e dai o Francisco respondeu perguntando quem era; a pessoa respondeu quem era, mas usando o nome de uma outra pessoa; a vitima então falou pra mãe que tudo bem, era seu amigo, podia deixar entrar.


Acontece que quando a pessoa entrou na casa, foi até onde estava Francisco, e lá, disparou três vezes com uma arma de fogo, e quando a mãe ouviu os disparos que saiu, que foi ao encontro do filho, ele já estava morto e caído no chão.

Segundo relato de testemunhas; Dois homens chegaram em uma moto, um desceu e foi até a porta da casa, e o outro ficou de fora na moto, o que estava na porta logo adentrou na casa e em seguida se ouviu apenas os tiros.


Viatura da policia municipal no local
A  Polícia Militar foi acionada 
e logo chegou, junto com a Guarda Municipal que estiveram no local e colheram as primeiras informações e depoimentos.

Informações extra oficial dão contas de que o Zica já teria sofrido um outro atentado na sua própria casa neste ano de 2020.

Francisco Pereira do Vale, o Zica como era conhecido, tinha 28 anos, e morava com a mãe.

Moradores do bairro onde ele morava, dizem não saber a razão e motivo deste bárbaro crime, pois o Zica sempre foi uma pessoa legal, um jovem alegre e de muitas amizades.

Esse já é  o nono(09) homicídio em Lago da Pedra – MA, somente neste ano de 2020.

Até o momento do fechamento desta edição, a policia ainda não tinha nem uma pista de quem seriam os autores do crime. 





Nenhum comentário:

Postar um comentário

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.