Barra de Pesquisa

domingo, 27 de janeiro de 2019

Polícia do Maranhão prende Homem acusado de matar ex- esposa estrangulada no estado de Roraima

Francisco Mendes de Souza, de 38 anos, acusado de matar a ex-mulher, a auxiliar de serviços gerais Edilene Silva Mendes, de 32 anos, foi preso na sexta-feira (25) na cidade de Bacabal, no Maranhão. O crime ocorreu em dezembro de 2018, na zona Oeste de Boa Vista. A vítima foi estrangulada.

De acordo com delegado responsável pelas investigações, Jorge Wilton Nepomuceno, a vítima Edilene Mendes foi casada com Francisco de Souza, com quem teve três filhos. O casal estava separado, mas se comunicava por causa dos filhos. No dia do crime, o acusado convidou a ex-mulher para passear na cidade em companhia dos três filhos.

No retorno para casa, segundo o delegado, as três crianças foram dormir e o casal ficou junto. Pela manhã, o filho mais velho do casal foi acordado pela irmã de 5 anos que lhe dizia que a mãe estava com algum problema e não acordava. A menina chegou a relatar ao irmão mais velho que viu o pai deixando a casa, mas que este não se despediu.

Francisco de Souza fugiu, mas se apresentou à polícia dias depois e confessou ter matado a ex-mulher. No entanto, o acusado deixou o estado.

“As investigações apontaram que antes de cometer o crime, o acusado fez um saque no valor de R$ 6 mil. Acredita-se que ele usou esse dinheiro para fugir de Roraima, logo após ter se apresentado à polícia”, informou a Polícia Civil.

Uma ação conjunta da Polícia Civil de Roraima com a Polícia Civil de Bacabal, no Maranhão, resultou na prisão de Francisco Mendes. A prisão preventiva foi decretada pelo juiz Eduardo Alvares de Carvalho, para garantia da ordem pública e por conveniência da instrução criminal.

Segundo o delegado, Francisco de Souza foi preso no momento em que tentava deixar o Maranhão.

O crime de feminicídio aconteceu na noite do dia 8 de dezembro de 2018, na casa da vítima, localizada na Rua Mau, no bairro Professora Araceli Souto Mayor.

Fonte: Roraima1

Nenhum comentário:

Postar um comentário