Barra de Pesquisa

terça-feira, 6 de novembro de 2018

Queda de braços: Prefeito e presidente da câmara municipal já não falam a mesma língua em Lago da Pedra

No último dia 23, foi postada uma matéria pelo, ATUAL 7 e replicada pelo Blog Carlos Barroso, em que o prefeito de Lago da Pedra, Laércio Arruda entra com uma representação contra o Presidente da Câmara Municipal, Ananias Bezerra, por irregularidades na transparência pública.

Hoje (05), o chefe do legislativo, Ananias Bezerra, entrou em contato com o Blog, em resposta a matéria postada, ele apresenta documentos em que comprovam a sua regularidade no Porta de Transparência aonde mostra que o presidente cumpre corretamente o que determina a lei de Responsabilidade Fiscal.


“Estamos honrando com todas obrigações e compromissos que determina a legislação. Estou tendo todo o cuidado e respeitando os limites prudenciais da Lei da Responsabilidade Fiscal em relação ao que determina e orienta o Tribunal de Contas do Estado da Maranhão”, afirmou Ananias.

O que o vereador ANANIAS BEZERRA não sabe, qual é o motivo que levou o prefeito Laércio Arruda, tomar esse tipo de atitude de perseguição política contra a sua pessoa.

Ademais, o Presidente da Câmara Municipal de Lago da Pedra, tem primado pela observância da lei de responsabilidade fiscal e zela pela harmonia entre seus pares.

Dentre as atribuições do cargo vereador, a função que ele acha melhor, é a fiscalização, e agora mais ainda porque já está no quinto mandato de vereador com mais experiência, irá trabalhar muito mais para ajudar o povo de Lago da Pedra.

"Outrossim, como demonstrado pelos documentos acostado a este sítio de noticiais, verifica-se que nada mais é que um factoide criado pelo prefeito para tentar denegrir a minha imagem perante o povo de Lago da Pedra e meus colegas parlamentares. Todo esse imbróglio se deve ao fato do Presidente da Câmara Municipal de Lago da Pedra ter ajuizado ação judicial, visando normalizar o repasse da Câmara Municipal feita pelo Município de Lago da Pedra-MA. O repasse que está sendo feito a menor inviabiliza a Câmara de fiscalizar o Município e de realizar seus projetos, o que fatalmente prejudica o povo de Lago da Pedra, pois, em se tratando de poder fiscalizador do executivo este fica inviabilizado para tanto. Quem planta o vento as vezes colhe tempestade",  alegou Ananias.

Ananias também disse ao blog que em breve estará nos enviando documentos, que mostram improbabilidade administrativa do atual gestor, Laércio Arruda e que esses mesmo documentos serão encaminhados ao Ministério Público Estadual.

Pelo visto essa guerra de poderes não acabará tão cedo!

O Blog se põe a disposição de ambas as partes para qualquer esclarecimento.