Barra de Pesquisa

terça-feira, 4 de setembro de 2018

Defensores públicos participam de workshop sobre perícia e 1º Sarau do Sistema Penitenciário em Itapecuru-Mirim

Os defensores públicos Alex Pacheco Magalhães e Rafael Caetano Alves Santos, do Núcleo Regional de Itapecuru, participaram recentemente de dois importantes eventos naquele município, ambos com foco no fortalecimento de ações nas áreas criminal e de execução penal


Um deles foi o Workshop sobre Perícia Oficial e Monitoração Eletrônica realizado no dia 3 de julho, pelo Ministério Público do Maranhão, por meio de sua Escola Superior e do Centro de Apoio Operacional Criminal.

 O treinamento, que contou com a parceria do Tribunal de Justiça (TJMA), das secretarias de Estado de Segurança Pública (SSP) e de Administração Penitenciária (Seap), da Polícia Civil e do Centro Integrado de Operações de Segurança (Ciops), teve como objetivo ampliar o conhecimento sobre a perícia oficial no Maranhão, além de estreitar o relacionamento entre as categorias participantes, facilitando o trâmite das provas periciais e garantindo maior eficácia da medida cautelar de monitoração.

Durante o workshop, também foi apresentado o aplicativo do Sistema de Inteligência, Informação e Segurança Prisional (SIISP) e foram dadas orientações de acesso ao sistema Akiles, utilizado no monitoramento de tornozeleiras eletrônicas. Sarau – O defensor público Alex Pacheco também assistiu ao 1º Sarau Maranhense do Sistema Penitenciário do Maranhão, ocorrido na UPR de Itapecuru-Mirim, no dia 26 de junho. 

Além da interpretação dos internos da unidade prisional, também houve a apresentação dos alunos da Escola de Música da cidade. Na ocasião, o defensor público elogiou a iniciativa. "A UPR de Itapecuru-Mirim está de parabéns pelo excelente trabalho que vem realizando, sendo inclusive uma das unidades prisionais mais bem avaliadas do estado. 

Eventos como esse nos fazem acreditar na ressocialização de verdade. A Defensoria Pública será sempre parceira na busca incessante pela justiça social e no resgate da cidadania dessas pessoas", pontuou Alex Pacheco Magalhães.
Veja fotos: