Barra de Pesquisa

terça-feira, 28 de agosto de 2018

Jovem é assassinado é mulher é atingida pelos tiros da arma de fogo em Lago da Pedra


As vitimas
- Rogério Neiva de Jesus. foi morto a tiros, na madrugada desta segunda-feira(27), na cidade de Lago da Pedra-MA.

De acordo com informações da Polícia Militar, Rogério Neiva de Jesus, foi alvejado com vários tiros pelo seu corpo, e este morreu no local.

Rogério - vitima fatal
A segunda vítima: Íris Vasconcelos da Silva, foi socorrida por familiares e levada para o hospital local (consciente). com informações do médico plantonista; ela foi alvejada com três tiros (braço direito e abdômen).

 A mulher passou pelos primeiros atendimentos e tem um estado de saúde considerado estável.

Iris - Sobrevivente
A Policia encontrou no local do delito um projétil de arma de fogo, que fora apresentado na Delegacia de Policia Civil. 

O crime aconteceu por volta das 3:00hrs da manhã desta segunda-feira(27), na rua da fumaça, bairro  Waldir Filho, nesta cidade.

Até o momento, não se sabe quem são, ou quem é  o responsável pelos crimes.

Com informações de Mario Junior e Policia Militar

segunda-feira, 27 de agosto de 2018

Feriado bancário nesta terça-feira(28) e nem uma agencia funcionará em todo Maranhão

Banco do Brasil

O Sindicato dos Bancários do Maranhão (SEEB-MA) informa a todos os interessados que o dia 28 de agosto é feriado bancário, no Maranhão. 

Diante disso, não haverá expediente, nesta terça-feira (28/08), nas agências e postos de atendimento bancário (PABs), em todo o Estado.

Feriado
O feriado - exclusivo da categoria - foi criado pela Lei Estadual nº 10.100 de 2014, de autoria do deputado Bira do Pindaré, em alusão ao Dia do Bancário.

Para a diretoria do SEEB-MA, o feriado é um reconhecimento à contribuição que a categoria bancária tem proporcionado ao crescimento do Maranhão e do país. 

Fonte: Ascom/SEEB-MA
www.bancariosma.org.br

Deputado Stênio Resende e esposa sofrem acidente na BR-316 no Maranhão

Acidente com vitima fatal

O deputado estadual Stênio dos Santos Rezende (DEM) e a esposa, Andreia Rezende, sofreram um grave acidente na madrugada deste domingo (26), na BR-316, no município de Olho D'água das Cunhãs, a 287 km de São Luís. A esposa do parlamentar é candidata a deputada estadual pelo DEM nas eleições deste ano.

Dep. Est. Stênio resende
Segundo a Polícia Rodoviária Federal(PRF), o acidente ocorreu por volta de meia-noite e vinte minutos. O deputado Stênio Rezende estava em seu Jeep Cherokee, de placas JJG-4692, dirigido por seu motorista, ainda sem identificação, quando bateu frontalmente com um veículo de passeio Crosfox, de placas JUX-1243, no km 313,5 da BR-316. O impacto da batida vitimou fatalmente o condutor do veículo de passeio que também não teve a sua identidade revelada.

Um dos carros envolvidos no acidente
O deputado Stenio Rezende sofreu ferimentos na testa e fraturou o ombro. Já Andreia Rezende foi levada para o município de Santa Inês para ser atendida no hospital Macro Regional da cidade. O motorista do político sofreu uma fratura na tíbia.

O Carro do Parlamentar
De acordo com a PRF, o quadro de Andreia é bem mais grave, pois sofreu lesão na coluna vertebral, ferimentos na cabeça, no pulmão e em outras partes do corpo. A Polícia investiga as causas da colisão e os detalhes que levaram ao grave acidente.

O Motor do carro sacou na hora
Por meio de nota, a Assessoria de Comunicação do deputado Stenio Rezende confirmou o acidente e disse que o quadro de saúde do político é considerado estável. A nota diz ainda que Andreia Rezende também se encontra estável e será transferida na manhã deste domingo para um hospital na capital.

Leia a íntegra da nota:

A Assessoria de Comunicação do deputado estadual Stenio Rezende e da candidata ao pleito estadual 2018, Andreia Rezende, vem a público confirmar o acidente na madrugada deste domingo, 26 de agosto de 2018, envolvendo o veículo do deputado na BR 316, na altura do município de Olho D'água das Cunhãs/MA, em colisão parcialmente frontal com outro veículo, infelizmente, vitimando o motorista deste.

O condutor do veículo do deputado foi socorrido para um hospital de Bacabal com fratura na tíbia. O deputado Stenio Rezende, sofreu ferimentos na testa, fraturou o ombro e está estável. Sua esposa, Andreia Rezende, candidata a deputada estadual, foi levada para o município de Santa Inês para ser atendida no hospital macro regional, e também encontra-se estável. Na manhã deste domingo (26) serão transferidos para São Luís".








Por: Neto Ferreira, com Informações da PRF e G1 Maranhão

Pesquisa eleitoral presidenciáveis: Sem Lula, Bolsonaro vem em primeiro acompanhado por Marina Silva

Os presidenciáveis 

Dez dias mais curta, a propaganda eleitoral na televisão terá largada nesta sexta-feira (31) e vai testar o poder do meio de ainda influenciar a escolha do eleitor. O formato desta eleição assegura aos presidenciáveis um total de quinze programas ao longo de 35 dias. Para quem tem mais tempo, como Geraldo Alckmin (PSDB), essa é considerada a última oportunidade de crescer nas pesquisas e chegar ao segundo turno.


A nova pesquisa Ipespe, divulgada a clientes da corretora XP Investimentos nesta sexta-feira 24, mostrou uma repetição dos cenários registrados ao longo desta semana, com o deputado Jair Bolsonaro (PSL) e a ex-senadora Marina Silva (Rede) ocupando as primeiras posições nas simulações que desconsideram o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT), inelegível pela Lei da Ficha Limpa, como candidato. Bolsonaro registrou 23% das intenções de voto, enquanto Marina apareceu com 12%.

PUBLICIDADE

Diferentemente das eleições presidenciais anteriores, custeadas com doações de empresas e marcadas por investimentos milionários em ações de marketing, a força eleitoral da TV tem sido contraposta ao imediatismo da internet.

As redes sociais têm sido centrais, por exemplo, na estratégia de Jair Bolsonaro (PSL). Em julho, levantamento do jornal O Estado de S. Paulo encontrou 83 páginas de seguidores que fazem campanha do presidenciável. Essas páginas quadruplicam sua relevância na rede, em relação ao alcance da página oficial de Bolsonaro.

“Como o tempo de campanha é menor, em termos relativos vai ter menos informação circulando pela TV. Ela perde um pouco de importância, enquanto a internet vira uma alternativa viável”, disse o professor de ciência política da USP Glauco Peres.

A ampla exposição que Bolsonaro obtém na internet, no entanto, não se repetirá quando começar o programa eleitoral. Com apenas um aliado, o PRTB, o deputado terá direito a apenas 8 segundos na TV e no rádio para expor seu nome e o número de seu partido. Em contrapartida, Alckmin aposta todas as fichas nos mais de cinco minutos a que terá direito em cada um dos dois blocos fixos por dia para sair da quarta posição nas pesquisas.

“Vou conseguir falar um pouquinho de mim, e está bom demais”, afirmou Bolsonaro. Sua estratégia, porém, vai além disso. Nos poucos segundos de TV, ele vai chamar o eleitor para acompanhar as lives (transmissões ao vivo na internet) que fará em redes sociais. “A gente vai fazer uma live e chamar o eleitor (pela televisão).”

Fonte: veja.abril.com.br

sábado, 25 de agosto de 2018

Homem é executado com vários tiros na cidade de Lago da Pedra

Alex
- O crime aconteceu nas proximidades do colégio Cristóvão Colombo em Lago da Pedra - MA.


A vítima conhecido pelo nome de Alex, de 28 anos foi executado com vários tiros de revolver no começo da noite desta sexta-feira(24), nas proximidades do colégio Cristóvão Colombo, localizado nas imediações dos bairros; vila dos pássaros,  rua 7 de setembro e retorno da saída para a cidade de Paulo ramos.

De acordo com informações de testemunhas dois elementos em uma moto, (Não identificada) chegaram onde estava a vitima, e o executaram com cerca de 12 tiros deflagrados, e ainda de acordo com informações extra oficial, 9 tiros acertaram Alex, o deixando entre a vida e a morte. Os criminosos fugiram para rumos ignorados.

Alex - A vitima
Populares ao ouvirem os disparos foram ver do que se tratava e acabaram se deparando com o corpo da vítima caído no chão, e possivelmente já quase sem vida.

 Polícia foi acionada para atender a ocorrência, enquanto que a vitima ainda chegou a ser socorrida, encaminhada para  o hospital local e até levada para  outro hospital de grande poste, mas, não resistiu aos ferimento e morreu.

O caso está sendo investigado pela Polícia Civil local.  A autoria e a motivação ainda são desconhecidas.

O corpo está sendo velado na residência da avó do mesmo, (Dona Maria da Lage) na rua da AFALP, próximo a avenida Roseana Sarney, bairro Serra Dourada em Lago da Pedra – MA.

O sepultamento está previsto para acontecer amanhã, mas, não foi decidido ainda se pela manhã ou pela tarde, por estarem esperando ainda parentes da vitima, vindo de outros estados da federação.

Maranhense Giszelle Pessoa é candidata a deputada federal pelo estado de Goiás

Giszelle Pessoa
A maranhense Giszelle Pessoa, natural de Independência no Maranhão, entra na disputa eleitoral e  é candidata a deputada federal pelo estado de Goiás.

Giszelle é casada, mãe de família, pedagoga, já comandou duas pastas administrativas no município de Nerópolis: a secretária do meio ambiente e a secretaria de comunicação.

Empresária, evangélica, mulher cristã; vem sendo uma das grandes promessas de mudança no cenário político nacional.

Giszelle Pessoa
Candidata pela primeira vez, mas, com uma grande experiência em seu currículo, Giszelle enfrenta mais  um desafio em sua vida, concorrendo pelo DC (Democracia Cristã), coligação “A MUDANÇA É AGORA”, candidata a deputada federal pelo estado de Goiás, seu numero é 2770, e está sendo uma das grandes apostas de mudanças, ganhando a cada dia, a confiança, o carinho. o respeito e a simpatia do eleitorado goiano.

Mulher carismática, pessoa simples e humilde, que sempre tem ajudado o próximo e no cenário político com certeza poderá fazer muito mais pelo povo do seu estado em especial de sua cidade e região.

GISZELE PESSOA, É:  2770 – DEMOCRACIA CRISTÃ.

"Deus não escolhe os capacitados, Deus capacita os escolhidos".


Giszelle entre amigos(a).
Giszelle em Familia
Giszelle com as filhas
Giszelle Pessoa
Giszelle em Pessoa  kkk

A grande promessa
Por: Vilmar Ferreira

quinta-feira, 23 de agosto de 2018

Sai a primeira pesquisa IBOPE para o governo do Maranhão

O governador Flávio Dino (PCdoB) tem 43% das intenções de voto para o Governo do Maranhão, contra 34% da ex-governadora Roseana Sarney.

Esse é o resultado da primeira pesquisa Ibope sobre e a eleição de 2018 no estado, divulgada há pouco pela TV Mirante – que contradiz todos os levantamentos governistas divulgados até agora, sempre apontando o comunista com mais de 60% das intenções de voto.

O senador Roberto Rocha (PSDB) e a ex-prefeita Maura Jorge (PSL), estão empatados, com 3% cada. Ramon Zapata (PSTU) marcou 1% e Odívio Neto (PSOL) não pontuou.

Contratado pela TV Mirante, o Ibope ouviu 1008 eleitores maranhenses, entre os dias 17 e 23 de agosto. O registro foi feito na Justiça Eleitoral sob o número MA-00502/2018. A margem de erro é de 3 pontos percentuais, para mais ou para menos, e o intervalo de confiança, de 95%.

Fonte: Blog do Gilberto Léda

segunda-feira, 20 de agosto de 2018

Flávio Dino perde mais uma e agora tem candidatura impugnada no TRE do Maranhão

Flávio Dino
- O governador Flávio Dino (PCdoB) teve o pedido de registro de candidatura impugnado no Tribunal Regional Eleitoral (TRE) do Maranhão. A contestação foi apresentada neste sábado 18, pelo deputado estadual Edilázio Júnior (PV), que no pleito deste ano concorre à Câmara Federal. Pela legislação eleitoral, qualquer candidato, partido político ou o Ministério Público Eleitoral (MPE) tem o direito de impugnar o candidato inelegível ou sem condições de elegibilidade.

Na Ação de Impugnação de Pedido de Registro de Candidatura (AIRC), o parlamentar sustenta que Dino não pode ter o seu pedido de registro de candidatura deferido pela Justiça Eleitoral, em razão do representante da coligação partidária escolhido em convenção, Rodrigo Maia, possuir impedimento legal para exercer a função.

“No sistema político brasileiro todo cidadão que possui condições de elegibilidade pode requerer o registro de candidatura após escolha em convenção partidária, mas em caso de nulidade da convenção, acaba-se por encontrar um obstáculo ao pedido de registro de candidatura, eis que o cidadão só pode registrar o requerimento através do partido político após a comprovação da regularidade dos atos partidários. No presente caso, tendo em vista que o requerimento de registro de candidatura está alicerçado em Drapeivado de vício formal e contrários aos princípios da moralidade administrativa, não deve ser deferido pela Justiça Eleitoral”, diz trecho do documento.

A argumentação é de que Maia ainda exercia a chefia da Procuradoria Geral do Estado (PGE) no dia da convenção, o que geraria nulidade insanável do próprio Demonstrativo de Regularidade de Atos Partidários (Drap), diante do prazo encerrado em calendário eleitoral.

“Neste sentido, ao ler a ata da convenção partidária que fixou a coligação informada no Drap, percebemos que o representante escolhido não possui condições legais para exercer tal função, tendo em vista que era Procurador-Geral do Estado no dia da convenção, conforme publicação do Diário Oficial do Estado e sendo nomeado dias após para outro cargo de direção no governo estadual. Com efeito, o Procurador-Geral do Estado, por impedimento legal, não pode exercer a função equivalente ao de presidente partidário, muito menos participar de convenção e presidir coligação de partidos em clara conduta vedada”, aponta a contestação.

Ainda segundo a AIRC, tendo em vista que Maia não possui legalidade para exercer a função de representante válido do partido, a coligação e o pedido de registro de candidatura de Flávio Dino é inválido, por ausência de requisitos formais.

“O artigo 25, inciso II da resolução n.º 23.548/2017 do TSE rege que o formulário Drapdeve ser preenchido com o nome do representante da coligação, logo, se o representante informado não poderia estar ali por impedimento legal, inexoravelmente o Drap é nulo e, por consequência, o impugnado [Flávio Dino] não possui condição de elegibilidade”, finaliza.

A ação pede que o governador Flávio Dino e o seu vice — e candidato a ocupar a mesma função na chapa —, Carlos Brandão (PRB) sejam citados para apresentar manifestação a respeito da impugnação; a intimação do MPE do Maranhão para que se posicione a respeito do assunto; e, ao final, a total procedência da contestação, sendo indeferido o pedido de registro de candidatura do comunista.


Fonte: atual7.com

quinta-feira, 16 de agosto de 2018

Vejam: Propostas do presidenciável mais parecem com planos de Bolsonaro

Bolsonaro
O documento entregue ao TSE parece mais carta de intenções que um programa exequível

Não dá para considerar o documento de 81 páginas apresentado ontem ao Tribunal Superior Eleitoral (TSE) pelo candidato Jair Bolsonaro um programa de governo. Tem mais cara de carta de intenções ou declaração de princípios.

Mistura ideias corretas (o diagnóstico sobre a crise fiscal, a necessidade de reduzir o número de ministérios, a liberdade de imprensa e a independência do Judiciário), propostas pueris (ideias sobre educação, saúde ou política externa com assovios ideológicos em vez de análise embasada), outras comprovadamente erradas (a associação entre porte de armas e redução da violência) àquelas que podem simplesmente se revelar inexequíveis ou oníricas (redução da dívida pública em 20% ou adoção e cobrança de metas para alocações orçamentárias).

Suas propostas para a economia são insuficientes (não há uma lista de estatais a privatizar nem quanta receita cada uma poderia render), para o Nordeste são vagas, para a política externa, aviação, portos, transportes e energia são um amontoado de truísmos banais. Mesmo em segurança e corrupção, em tese as bandeiras centrais da campanha de Bolsonaro, o discurso se limita a repetir chavões caros aos conservadores, atribuindo nossa crise aguda a inimigos imaginários, como o Foro de São Paulo.

É um documento rico em intenções, mas pobre em ideias para execução. Deixa evidente a carência de assessores competentes em áreas-chave, resultado provável do desprezo pelo trabalho acadêmico, pela pesquisa séria e pela compreensão dos conflitos inerentes à implementação das políticas públicas.

Reconhece a necessidade de reduzir o déficit fiscal, mas não apresenta nenhuma proposta de reforma da Previdência. Proclama-se liberal, mas não diz como serão tratados os grupos de interesse e lobbys incrustados na máquina pública, em especial no funcionalismo. Afirma compromisso com a Constituição, mas não traz nenhuma análise das dificuldades jurídicas ou obstáculos legais a enfrentar para implementar propostas como o Orçamento Base Zero ou as metas para gestores públicos.

É um mistério como governará sem dispor de uma coalizão sólida no Congresso ou como porá em prática a proposta de transformar seus ministros em “executivos” que coordenam esforços dos governadores. Não é bem isso o que determina a Constituição que ele afirma respeitar. Por fim, o documento ignora temas divisivos como aborto, política de cotas ou direitos de minorias.

A própria forma de elaboração – apresentação em formato PowerPoint em vez de texto – é sinal da dificuldade de lidar em profundidade com os temas em discussão. Em vários trechos, parece mais um panfleto ideológico destinado à militância que um elenco de propostas sérias para governar o país.

Nas entrevistas e debates a que Bolsonaro será submetido durante a campanha, é fundamental questioná-lo sobre todas as ideias que parecem mal-explicadas e obrigá-lo a detalhar seus planos em áreas como reforma da Previdência ou funcionalismo público.

Pelas pesquisas, Bolsonaro é hoje o favorito a vencer a eleição de outubro. Não se sabe o efeito que a campanha eleitoral terá em sua candidatura. Mas quem espera mesmo algo de novo na política brasileira precisa mais do que uma apresentação simplista, repleta de clichês e ideologia, em que até as boas propostas podem fracassar diante da pobreza nos planos para execução. Se vencer, um programa desses teria provavelmente o mesmo destino de todas as cartas de intenção na história brasileira: o oblívio.

Fonte: g1.globo.com

quarta-feira, 15 de agosto de 2018

Oficial - Lula tem candidatura registrada no Tribunal Superior Eleitoral

Lula

É oficial! Lula é o candidato do Partido dos Trabalhadores à Presidência da República. A candidatura de Luiz Inácio Lula da Silva foi registrada oficialmente junto ao Tribunal Superior Eleitoral (TSE) nesta quarta-feira (15/08). 


O registro foi feito nos braços do povo: milhares de pessoas participaram da Marcha Lula Livre, que terminou em um grande ato popular em Brasília, celebrando o registro oficial Lula candidato.

Entrega do pedido do registro
Nas palavras de Fernando Haddad, vice-presidente na chapa de Lula (uma coligação entre PT, PCdoB e Pros) e seu porta-voz, “o registro da candidatura de Lula é um ato de obediência à vontade do povo e à Constituição Federal”.

(Foto: Fátima Meira/Futura Press)
Na data, 152 juristas entregaram carta em que defendem a Constituição Federal, a legalidade e a candidatura de Lula. O apoio nacional e internacional à candidatura de Lula vem crescendo, e os juristas são enfáticos em afirmar que Lula tem direito a ser candidato, participar de debates e ter seu nome nas urnas no próximo dia 7 de outubro.

No dia 15, o ex-presidente fez questão de mandar um recado: “dá pra construir um Brasil melhor e vocês sabem disso, porque já vivemos isso”.

Por: Carlos Barroso

Inelegibilidade de Flávio Dino tem repercussão a nível nacional e TRE não acata pedido de Flávio Dino contra opinião de juristas sobre inelegibilidade

Flávio Dino
Desembargador confirma que decisão contra o governador, se não revertida nos tribunais superiores, pode provocar problemas futuros.

O desembargador José de Ribamar Castro, membro da Comissão de Juízes Auxiliares do Tribunal Regional Eleitoral do Maranhão (TRE-MA) indeferiu ontem um pedido da coligação “Todos pelo Maranhão”, do governador Flávio Dino (PCdoB), para que lhe fosse concedido direito de resposta após publicação de O Estado sobre a declaração de inelegibilidade do comunista pela juíza Anelise Nogueira Reginato, da 8ª zona eleitoral, de Coroatá.

Flávio Dino
Dino foi condenado à inelegibilidade junto com o ex-secretário Márcio Jerry (PCdoB), além do prefeito e do vice de Coroatá, Luís da Amovelar Filho (PT) e Domingos Alberto (PSB) – que tiveram também seus mandatos cassados.
Os partidos que apoiam o chefe do Executivo pretendiam que se publicasse nota da coligação refutando as opiniões dos advogados Abdon Marinho e Sérgio Muniz a respeito do assunto, publicadas na edição de sexta-feira, 10.

Para os comunistas, os juristas divulgaram informação “sabidamente inverídica” ao comentar o assunto. O argumento foi rechaçado pelo magistrado.

Abdon Marinho disse que a sentença da juíza Anelise Reginato foi bem fundamentada e disse achar pouco provável que ele a reverta quando da discussão de mérito. Muniz, por sua vez, destacou que Flávio Dino, agora, “é um candidato sub judice”. “Para Muniz, na condição de ‘inelegível com recurso’, Flávio Dino pode ter os votos anulados se o mérito dos recursos for julgado nas instâncias superiores só após as eleições”, dizia a nota, publicada na coluna Estado Maior.

Fatos – Ao se manifestar sobre o pedido, Castro destacou que os advogados ouvidos pela reportagem ativeram-se aos fatos ao emitir suas opiniões.

“As considerações lançadas pelos juristas entrevistados não me parecem destoar do que de fato ocorreu no processo de sua condenação”, ressaltou.

Ele acrescentou que, embora um recurso apresentado contra decisão de primeiro grau, na Justiça Eleitoral, tenha efeito suspensivo automático, a condenação de Flávio Dino no caso, se confirmada por tribunais superiores, pode lhe causar impedimentos futuros.

“Hoje efetivamente pesa contra o aludido pré-candidato uma condenação de inelegibilidade que, embora momentaneamente ineficaz, pode no futuro acarretar um impedimento da sua capacidade eleitoral passiva”, destacou.

Flávio Dino recorre de decisão


Flávio Dino
O governador do Maranhão, Flávio Dino (PCdoB), recorreu ontem da decisão da juíza Anelise Nogueira Reginato, da 8ª zona eleitoral, de Coroatá, que declarou sua inelegibilidade por oito anos a partir da eleição de 2016.

Coroatá - Por Leidiane França
O despacho da magistrada se deu no bojo de uma ação da coligação que tinha a então prefeita de Coroatá, Teresa Murad (MDB) como candidata à reeleição. Alegou a emedebista que Dino usou a estrutura do governo – por meio do programa “Mais Asfalto” - para beneficiar a eleição de dois aliados, Luís da Amovelar Filho (PT) e Domingos Alberto (PSB), respectivamente prefeito e vice da cidade.

O recurso do comunista é um embargo de declaração, com pretensões de modificar a decisão da juíza sobre o tema e deve ser apreciado por ela própria. Nesse caso, o pedido já confere efeito suspensivo imediato à declaração de inelegibilidade do governador.

No recurso, a defesa de Dino alega que o Ministério Público Eleitoral (MPE) manifestou-se pela improcedência da ação, mas teve o parecer ignorado pela magistrada; e que a decisão levou em consideração um vídeo, originalmente postado no YouTube, que não havia sido anteriormente incluído nos autos do processo.

Suspensão – Além do recurso de Flávio Dino, o Diretório Estadual do PCdoB deu entrada, no Conselho Nacional de Justiça (CNJ), em uma reclamação disciplinar contra Anelise Reginato.

O partido pede o afastamento da juíza das suas funções, “ao menos na 8ª Zona Eleitoral do Estado do Maranhão (Coroatá)”. Dizem que a magistrada decidiu “de maneira ilegal e tendenciosa” porque não existem nos autos “provas para que sofressem os investigados as sanções” da Lei de Inelegibilidades.

Eles apontam suposta ligação entre Reginato e adversários do governador e sustentam suas alegações em postagens no Facebook e em um discurso do deputado Edilázio Júnior dizendo-se amigo do marido da magistrada.

SAIBA MAIS




Fonte: imirante.com e GILBERTO LÉDA

terça-feira, 14 de agosto de 2018

BOMBA - Os podres de Bolsonaro estão aparecendo o presidenciável tinha assessora fantasma na câmara dos deputados

Bolsonaro
- De janeiro a julho deste ano, Walderice Santos da Conceição recebeu R$ 17.240 como funcionária do gabinete do presidenciável Jair Bolsonaro (PSL-RJ) na Câmara dos Deputados.

Reportagem da Folha de S.Paulo publicada em 11 janeiro revelou que ela era servidora fantasma do deputado, trabalhando, na verdade, como vendedora de açaí em uma praia em Angra dos Reis (RJ), onde o parlamentar tem uma casa.

Apesar da revelação no começo do ano, Bolsonaro a manteve no cargo até esta segunda (13), quando anunciou a demissão da assessora depois que a reportagem voltou ao local e mostrou que Walderice continuava vendendo açaí na hora do expediente da Câmara.

O total recebido desde janeiro corresponde ao salário mensal de R$ 1.416 reais brutos, ao adicional de férias pago em janeiro no valor de R$ 450 reais e aos auxílios (descritos no site da Casa como possíveis auxílios de transporte, alimentação, creche, natalidade ou salário-família) de R$ 982 por mês.

Além disso, em junho aparece no contracheque da funcionária um adiantamento de gratificação natalina sem valor especificado.  

No começo da noite passada, Bolsonaro confirmou a demissão de sua funcionária em entrevista e disse que o "crime dela foi dar água para os cachorros". "Eu cheguei em Brasília hoje e ela tinha se demitido. Por coincidência a reportagem estava lá de novo", disse.
O caso voltou à tona no debate entre os presidenciáveis realizado pela TV Bandeirantes na última quinta (9).

O candidato do PSOL, Guilherme Boulos, perguntou a Bolsonaro "quem é Wal?".

A secretária figura desde 2003 como um dos 14 funcionários do gabinete parlamentar de Bolsonaro, em Brasília, recebendo atualmente salário bruto de R$ 1.416,33.

Segundo moradores da região, o marido dela, Edenilson, presta serviços de caseiro ao deputado.

Depois da reportagem, o parlamentar passou a dar diferentes versões sobre a assessora. Primeiro, disse que buscou o endereço do local e viu que a "casinha" de açaí era da irmã de Walderice.
Em outra tentativa de explicar, disse que sua secretária de gabinete estava em período de férias na ocasião em que a Folha visitou o local na primeira vez. Essa foi a versão dada, por exemplo, na resposta a Boulos no debate da Band.

"A sra. Wal, sra. Walderice, é uma funcionária minha em Angra dos Reis. Quando a Folha de S.Paulo foi lá [em janeiro] e não achou, botou manchete no dia seguinte de que ela estaria lá fantasma. Só que em boletim administrativo da Câmara dos Deputados de dezembro ela estava de férias", disse Bolsonaro no debate.

Na tarde desta segunda-feira (13), a reportagem esteve na loja duas vezes. Na primeira, sem se identificar como jornalista, momento em que o açaí e o cupuaçu foram comprados. Não há nenhum registro de férias de Walderice atualmente.

Uma hora e meia depois, a Folha voltou e se identificou. A funcionária disse que não tinha nada a declarar sobre o assunto.

Nessa ocasião, Walderice deu a entender que não queria prejudicar o presidenciável.

"Eu não vejo o sr. Jair como vocês veem. O sr. Jair pra mim é uma outra pessoa. O sr. Jair é uma boa [pessoa], o sr. Jair é meu amigo, o sr. Jair não é racista, a minha família é toda negra. O sr. Jair não é homofóbico." 

Com informações da Folhapress.
Fonte: msn.com

Cantor Johnny Hoocker que chamou Jesus Cristo de "bicha" e “travesti” sofre acidente grave e está à beira da morte

Johnny Hoocker
O cantor, que chama Jesus de "bicha" e “travesti” em seus shows, estaria partindo dessa para outra. Segundo informações, Ele teria sofrido um acidente de carro na tarde desta sexta-feira e estaria internado em estado gravíssimo. As informações foram divulgadas nas redes do próprio cantor, mas, obviamente, por outra pessoa.

Polêmica: Na noite do dia 28 de julho, no Festival de Inverno de Garanhuns, em Pernambuco, o cantor Johnny Hoocker durante seu show afirmou que "Jesus é transexual sim, Jesus é bicha sim, porra!”, além de ter puxado o coro “ih, ih, ih, Jesus é travesti“.

O Acidente
Um homem, que se apresentou como assessor do cantor Johnny Hoocker, contou sobre o acidente de carro e pediu orações.

Vale lembrar, que o cantor já insultou a Jesus Cristo, Evangélicos e cristãos em outros shows, que até, um advogado exige a sua prisão.

Veja  o video:



FONTE: Exclusivo folhadoaraguaia.com.br
Vídeo: youtube.com