Barra de Pesquisa

segunda-feira, 30 de abril de 2018

Termina na próxima sexta-feira prazo para fazer ou transferir título eleitoral

São Paulo — Quem ainda não pediu seu título de eleitor ou transferiu o domicílio eleitoral após mudar de cidade, tem só até esta sexta-feira(4) para regularizar sua situação junto ao Tribunal Regional Eleitoral(TRE) local e poder votar nas eleições deste ano.

Este é o prazo final para agendar seu atendimento nos cartórios eleitorais, segundo o Tribunal Superior Eleitoral(TSE). Os atendimentos propriamente ditos serão feitos até o dia 9, próxima quarta-feira. Para agendar o atendimento, é preciso consultar o site do TRE do seu Estado.

Para solicitar a transferência do título, a pessoa precisa estar em dia com a justiça eleitoral, ter prestado o serviço militar obrigatório, se for homem, e não estar cumprindo pena por condenação criminal ou improbidade administrativa.

Quem ainda está prestando o serviço militar também não pode solicitar transferência de título.

O dia 9 de maio também é o último dia para o eleitor com deficiência ou mobilidade reduzida solicitar sua transferência para uma seção com acessibilidade.

É, ainda, o prazo final para que presos provisórios(que não perderam os direitos políticos) e menores de idade internados em casas de detenção que não possuírem inscrição eleitoral sejam alistados ou regularizem sua situação.

O primeiro turno das Eleições 2018 está marcado para o dia 7 de outubro, e o segundo turno para o dia 28 de outubro — respectivamente, primeiro e último domingo do mês, conforme prevê a Constituição Federal.

Para os eleitores que deixaram de votar ou justificar sua ausência no dia da eleição, a multa é de R$ 3,51, por turno.

Fonte: Exame.com

Chega á Lago da Pedra ZAP DELIVERY a mais nova lanchonete da cidade


Agora em Lago da Pedra, a população da cidade conta com a mais nova lanchonete da cidade, Zap delivery, com uma excelente variedade no seu cardápio, servindo seus clientes e fazendo entrega em domicílios.

Para isto, basta que  o cliente  ligue em um dos zaps entrega, serviço de pronta entrega da lanchonete, e esperar o seu pedido chegar em seu endereço, no conforto de sua casa  ou trabalho.

O zap delivery dispõe de: Cachorro quente no prato, hambúrgueres, crepe suíço, bolos recheados, salgados, café da manhã, e muito mais.

Zap Delivery, levando o melhor até você, está  localizado, na rua deputado Raimundo Bogea nº 67-Centro, próximo ao Armazém Sousa Construção, nesta cidade.


Ligue, ou faça-nos, uma visita, de já agradecemos por sua preferencia.




segunda-feira, 23 de abril de 2018

Agora lascou !!! Veja o vídeo - Governador Flavio Dino do Maranhão tenta monitorar seus adversários políticos

Flávio Dino
- O programa da Rede Globo de maior audiência no Brasil o Fantástico, exibiu hoje, domingo(22), a tentativa de monitorar os adversários políticos do governador Flávio Dino durante a eleição pela Polícia Militar.

 O governo nega, e o coronel a quem foi atribuída a missão, preferiu ficar calado. 

Confira a reportagem abaixo:



l


Fonte: Blog do Luis Cardoso

Policia prende prefeito interino acusado de estuprar criança de 8 anos de idade

Segundo a PM, criança conseguiu fugir e pediu ajuda a um casal. Advogado de Paulo Henrique de Araújo (PSDB) foi à delegacia e não quis se manifestar sobre o caso.

O prefeito interino de Bariri, Paulo Henrique Barros de Araújo (PSDB), de 34 anos, foi preso por suspeita de raptar e abusar de uma menina de 8 anos, na manhã deste sábado (21), no Vale do Igapó, em Bauru (SP).

De acordo com o delegado Fábio Mariotto, que fez o flagrante, ele teria confessado ter estuprado a criança. O advogado Humberto Pastrello, que se apresentou como defensor do prefeito, não quis comentar o caso. Após o registro do boletim de ocorrência por flagrante de estupro, Araújo foi levado à cadeia de Barra Bonita, às 19h50.
Araújo passou por audiência de custódia neste domingo (22), às 9h, em Bauru. A TV TEM procurou a assessoria da Prefeitura de Bariri e do PSDB na cidade, mas ninguém se manifestou sobre o assunto.

De acordo com informações da Polícia Militar, o político pegou a criança no Núcleo Habitacional José Regino e se dirigiu até um matagal, onde o carro acabou caindo em um buraco.

Conforme informações do boletim de ocorrência, nesse momento a menina conseguiu se desvencilhar do prefeito, saiu correndo e pediu ajuda a um casal que passava pelo local, dizendo que havia sido abusada por um homem de barba.

A polícia foi acionada e encontrou o suspeito caminhando entre as árvores. Ao ser abordado, segundo a PM, o político tentou fugir e entrou em luta corporal com os policiais, mas acabou sendo controlado. Em seguida, apontou o local onde havia escondido o carro.

Ainda conforme o registro policial, Araújo aparentava estar sob efeito de drogas. O prefeito em exercício e a criança foram encaminhados para a UPA do Bela Vista e, em seguida, para a delegacia. O laudo que vai comprovar se houve conjunção carnal deve sair em até 30 dias.

Pedido de afastamento

Araújo é presidente da Câmara de Vereadores de Bariri e está no cargo de prefeito desde o início de 2017. À TV TEM, o Legislativo informou que os vereadores se reuniram neste sábado para tratar o assunto, mas que na segunda-feira (23), assim que tiveram acesso ao BO, vão entrar com pedido de quebra de decoro e afastamento do prefeito.

A reunião de segunda-feira também deve definir quem assume o cargo de prefeito até a nova eleição marcada para junho. (Entenda a situação política na cidade abaixo)
Novas eleições

Tribunal Regional Eleitoral (TRE) marcou para 3 de junho as novas eleições para prefeito e vice-prefeito de Bariri. Após o pleito de 2016, os candidatos a prefeito e vice da chapa mais votada – Francisco Leoni Neto e Benedito Mazotti, ambos do PSDB – tiveram o registro indeferido com base na Lei da Ficha Limpa.

Em junho do ano passado, os políticos barrados tentaram voltar ao cargo, mas o Tribunal Superior Eleitoral (TSE) rejeitou recurso proposto por Francisco Leoni Neto.


sábado, 21 de abril de 2018

Sandro do Abelha é executado com 5 tiros na porta de sua casa no município de Lago do Junco

Sandra do Abelha

- O suplente de vereador e promotor de festas, Sandro Pinheiro dos Santos, mais conhecido pelo apelido de "Sandro do Abelha", de 30 anos de idade, foi executado com cerca de 5 tiros à queima roupa no povoado Abelha, localizado às margens da rodovia MA-119,  há 3 km da cidade de Lago do Junco-MA.

O crime aconteceu no final da noite de sexta-feira (21), na porta do clube, local onde a vítima morava e promovia suas festas bastantes conhecidas na região dos lagos.

Passava das 23 horas, quando dois homens chegaram em uma moto Bros, o garupa desceu e falou para as pessoas que estavam no local se divertindo: "ninguém se mexe!" A vítima  tava sentada na porta do salão e foi atingida com 5 disparos à queima roupa, sendo 4 tiros no rosto e um no peito. 

Sandro do Abelha  morreu no local. Os criminosos fugiram com destino ignorado.

A policia esteve no local, realizou  os primeiros levantamentos em cima de mais um assassinato em nossa região com características de crime encomenda.

Sandro morava com Fátima, já num segundo casamento e  deixa 4 filhos. Ele também trabalhava como corretor de imóveis e aposentava pessoas. Era natural de Lago da Pedra.

Nas eleições de 2016, Sandro do Abelha concorreu a vaga de vereador pelo PSDB; ele recebeu 226 votos, ficando na suplência. 

Do blog do Carlinhos Filho
Com informações de R.D.


segunda-feira, 16 de abril de 2018

Policia civil prende universitário que matou o pai a golpes de faca e ainda tocou fogo no corpo do idoso

Lucas de Sousa - Acusado de  matar o próprio pai
- A Polícia Civil do Estado do Maranhão efetuou a prisão de Lucas de Sousa Almeida, estudante universitário, em razão de ter matado com golpes de faca e, em seguida, ateado fogo no corpo do pai, o senhor José Bonifácio de Almeida, 75 anos.

O corpo foi encontrado no último dia 30 de março, no interior do imóvel da vítima, localizado na Rua 21 de Abril, Vila Tiradentes, Área da Vila Maranhão, em São Luís. 

O idoso foi amarrado, esfaqueado e, em seguida, colocado em uma rede onde foi incendiado.

O Plantão Central de Homicídios da SHPP, após fazer a investigação de local de crime, representou pela prisão temporária que foi cumprida esta semana pela Delegacia de Homicídios da Área Sul.

O preso confessou a autoria do delito, sustentando que teria sido agredido pelo pai quando tentava manter uma conversa amistosa. Lucas ainda admitiu que ateou fogo no corpo para tentar simular um incêndio e apagar os vestígios do crime de homicídio.

Pelas informações passadas ao blog, o assassino foi preso, na semana passada, dentro da sala de aula na Universidade CEUMA, no Renascença.

 No momento da prisão, os policiais colocaram um pano no rosto do assassino para que não fosse filmado ou mesmo fotografado por outros estudantes que ficaram estarrecidos com a ocorrência.


Fonte: Blog do Gilberto Lima

sexta-feira, 13 de abril de 2018

Médico operador do esquema que desviou R$ 18 milhões da saúde pública do Maranhão se suicidou

Mariano
- O médico Mariano de Castro se suicidou hoje em seu apartamento, no Ininga, em Teresina. Ele foi investigado pela PF e preso na Operação Pergadores. Com ele, vários outros altos funcionários também foram presos.

Sabedor de muitas coisas, ele chegou a escrever uma carta de punho em que pede que o governador Flávio Dino e o secretário de Saúde não deixem que ele pague sozinho o ilícito. 

Mariano tinha lançado uma carta em que citava a cúpula da secretaria de saúde e o governador do Maranhão, Flávio Dino (PC do B).



Por: Luis Cardoso

Delegado da Policia Federal que pediu transferência de Lula é fã de Bolsonaro

O delegado e o Bolsonaro 
Delegado da Polícia Federal que solicitou a transferência de Lula para uma prisão militar é admirador de Jair Bolsonaro. Pedido causou estranheza na própria corporação e ele foi denunciado por colegas.

Nesta terça-feira(11), o Sindicato dos Delegados da Polícia Federal do Estado do Paraná(SinDPF/PR) solicitou, por meio de um ofício, a transferência do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva para uma prisão das Forças Armadas (relembre aqui).

O pedido de transferência causou estranheza na própria corporação. Segundo informou a jornalista Monica Bergamo, da Folha de S.Paulo, o presidente do Sindicato dos delegados é Algacir Mikalovski. Colegas do delegado informaram que ele tem fotos com Jair Bolsonaro nas redes sociais.

Em uma das imagens, de 2016 (ver acima), o policial aparece ao lado do presidenciável em um ato que comemorava a abertura de investigação sobre Lula na 24ª fase da Lava Jato, batizada de Aletheia.

A página de Mikalovski nas redes sociais tem diversas postagens críticas ao ex-presidente. O delegado foi candidato a deputado estadual pelo PRB em 2014 e a vereador, em 2016, pelo PSDC.

Ao solicitar a transferência de Lula, Algacir Mikalovski alegou que a presença de Lula “oferece riscos à população e aos funcionários”.

“Há riscos à população que reside no entorno do prédio da PF, aos Policiais Federais (sic) e demais integrantes do sistema de segurança pública que moram nas imediações da sede da Polícia Federal, ao passo que alguns invasores, que já se instalaram com barracas e determinada estrutura, já estão promovendo ações no sentido de intimidar estas pessoas”, disse.

Em seu Twitter, o senador Lindbergh Farias(PT-RJ) repudiou o posicionamento dos delegados.

“Em nota criminosa à imprensa, chamam o acampamento da democracia de invasão, criminalizam a militância ao dizer que são “integrantes de facções”, mentem descaradamente ao citar ameaças a moradores e pedem transferência de Lula para um posto militar”, escreveu.

“É inadmissível que o Sindicato dos Delegados da PF se apresente como porta-voz de uma verdadeira milícia federal. A nota parece uma mensagem do MBL (Movimento Brasil Livre, de extrema-direita), de tão reacionária e mentirosa”, acrescentou.

A organização do Acampamento Lula Livre divulgou uma nota após a manifestação do Sindicato dos Delegados. Leia abaixo.

Sobre o ofício e as declarações do sindicato dos delegados da Polícia Federal, as organizações à frente do acampamento Lula Livre, instalado nas imediações da Superintendência da Polícia Federal, afirmam que:
Seguimos em resistência no acampamento, exigindo a liberdade para o ex-presidente Lula. E estaremos onde se mantiver a condenação injusta e sem provas, no contexto de nossa resistência pacífica.

O tema dos moradores está sendo usado com má-fé, por pessoas e grupos que querem desviar o tema central, que é o arbítrio da prisão de Lula.

No que se refere ao acampamento, estamos instalados pacificamente em área pública. É notória a recepção dos moradores, que ajudam diariamente com água, energia elétrica, rede de internet. Muitos participam das atividades do acampamento, prestigiam nossas cozinhas e espaços culturais.

 A cada dia a imprensa presente pode verificar a melhoria na organização. A relação também é boa com o comércio.

Cumprimos os acordos coletivos de silêncio depois das 22h às 7h. Cerca de 80 pessoas da equipe de limpeza recolhem o lixo e fazem a limpeza todas as manhãs. E estamos sempre apontando melhorias na estrutura de banheiros.

Realizamos uma carta aos moradores, onde reafirmamos nosso pedido de desculpas pelo transtorno, mas não somos responsáveis pelas violações, pela violência de sábado, esta sim precipitada pela Polícia Federal, nem pela arbitrariedades que estão sendo cometidas contra Presidente Lula.

Fonte: pragmatismopolitico.

Pré candidato a presidente do Brasil Bolsonaro gasta mais de meio milhão em passagens pagas com dinheiro público

Foto - Lúcio Vaz, Gazeta do Povo
Jair Bolsonaro gasta mais de meio milhão de Reais em viagens pagas com dinheiro público na pré-campanha. O presidenciável multiplicou por oito os gastos com viagens a estados fora da sua base. O contribuinte também paga diárias em hotéis para o filho de Bolsonaro e sua equipe

Com passagens pagas pela Câmara dos Deputados, o pré-candidato a presidente da República Jair Bolsonaro (PSL-RJ) multiplicou por oito os gastos com viagens a estados fora da sua base eleitoral, em comparação com a legislatura anterior.

Em muitas das viagens, é acompanhado pelo filho deputado, Eduardo Bolsonaro (PSL-SP), que costuma levar assessores da Câmara nos eventos. O contribuinte também paga diárias em hotéis para Eduardo e sua equipe. Juntos, pai e filho gastaram R$ 520 mil em passagens e hospedagens.

Os números extraídos dos arquivos da Câmara revelam que a pré-campanha de Bolsonaro começou em 2015. Naquele ano, foram 24 deslocamentos, ao custo total de R$ 45 mil em passagens aéreas.

Em 2016, ano do impeachment da então presidente Dilma Rousseff (PT), houve uma redução, com 15 viagens e gastos de R$ 37 mil. Mas, no ano passado, o número de viagens voltou a subir: 19 cidades em 26 deslocamentos, com despesas de R$ 46 mil.

No dia 29 junho de 2017, por exemplo, Jair Bolsonaro foi atração na 19ª Transposul (Congresso de Transporte e Logística), em Porto Alegre. Foi elogiado pelas lideranças empresariais gaúchas e recebeu promessas de voto.

“O Transporte de Rodoviário de Cargas estará apoiando você se for candidato à Presidência da República. Por favor, ganhe a presidência”, afirmou o presidente do Sindicato do Transporte do Mato Grosso do Sul, Cláudio Cavol.

“Minha especialidade é matar”

Durante coletiva de imprensa, mais uma frase polêmica. Questionado sobre o uso medicinal da fosfoetanolamina, a “pílula do câncer”, que contou com o seu apoio, Bolsonaro respondeu: “Se cura ou não cura, eu não sei. Sou capitão do Exército, minha especialidade é matar”.

O pré-candidato estava acompanhado por Eduardo Bolsonaro e pelo assessor Gildevânio Diniz, do gabinete do filho. As passagens dos três custaram R$ 9 mil aos cofres públicos.

Eduardo ainda esteve em Passo Fundo, no interior do Rio Grande do Sul. Gastou mais R$ 359 no hotel Deville, em Porto Alegre, e R$ 199 no hotel San Silvestre, em Passo Fundo.

A mesma equipe viajou para Ribeirão Preto (SP), em 17 de agosto, onde Bolsonaro levou uma ovada no peito de uma militante de esquerda numa cafeteria. Pai e filho gravaram um vídeo para relatar o fato, veiculado no Facebook de Eduardo. As passagens dos três custaram R$ 4,2 mil.

Na viagem a Campina Grande (PB) e João Pessoa (PB), em fevereiro, Bolsonaro foi acompanhado do assessor Wolmar Júnior, enquanto o filho levou o assessor Erico Costa. Todas as passagens saíram por R$ 6 mil.

Na visita a Vitória, em 1º de abril de 2016, Jair e Eduardo foram novamente acompanhados por Gildevânio. Mais R$ 7 mil de despesas com passagens. A sua palestra foi marcada por polêmicas. Uma jovem questionou a ausência de negros no evento. O pré-candidato respondeu que não havia nenhuma placa do lado de fora proibindo a entrada de negros.

Bolsonaro já estivera em Porto Alegre em 26 de janeiro de 2016, em evento ainda mais polêmico. Em audiência tumultuada na Assembleia Legislativa, militantes contra e a favor do deputado trocaram chutes e socos.

Movimentos sociais realizaram um “Beijaço LGBT”, criticaram o machismo e a homofobia e chamaram Bolsonaro de fascista. “Bolsonaro, guerreiro; orgulho brasileiro”, responderam seus seguidores.

O filho Eduardo contava com a assessoria de Gildevânio no evento, enquanto Bolsonaro tinha o apoio do assessor Ney de Oliveira Muller. Mais R$ 8 mil em despesas com passagens, sem contar os R$ 480 da diária no Hotel Accor, apresentada por Gildevânio.

Despesas com passagens aumentam

As viagens pelo país fizeram crescer proporcionalmente as despesas de Bolsonaro com passagens. Na legislatura de 2007 a 2011, incluindo as viagens para sua base eleitoral, o Rio de Janeiro, foram apenas R$ 49 mil com passagens – cerca de 10% do que gastou com a cota para exercício da atividade parlamentar.

De 2011 a 2015, esse gasto subiu para R$ 248 mil – 19% do total da cota. Na atual legislatura, já são R$ 365 mil – 38% da cota. Só no ano passado, consumiu R$ 120 mil com passagens – 54% dos gastos do gabinete.

Eduardo Bolsonaro tem atividade ainda mais intensa. Ele percorre o país divulgando o projeto político do pai. Na atual legislatura, ele gastou R$ 381 mil em passagens com viagens para estados fora da sua base eleitoral.

O estado mais visitado foi o Rio de Janeiro, com gastos de R$ 180 mil.


Em seguida, Porto Alegre, com R$ 62 mil. Nesses valores, estão incluídos os deslocamentos dos seus assessores. Somadas as viagens feitas ao estado de São Paulo, o gasto chega a R$ 580 mil na atual legislatura.

Na sua prestação de contas, há 19 diárias de hotéis, com um gasto de R$ 5,8 mil. A diária mais cara foi de R$ 510, no total Plaza de Blumenau, paga pelo assessor Eduardo Guimarães. Ele também pagou diária de R$ 178 no Hotel Gale, na Praia do Futuro, em Fortaleza.

Na viagem a Manaus, em dezembro de 2015, foram apresentadas duas notas de diárias no mesmo valor – R$ 448 – uma de Guimarães e outra de Floriano Amorim.

“Nós subiremos a rampa”

Nos eventos pelo país, Bolsonaro toma cuidado para não dizer que está em campanha ou que é candidato. Mas, às vezes, ele deixa escapar o seu projeto. Em fevereiro deste ano, em Dourados (MS), avisou:

“Não queremos apoio de políticos que derrubam o país. Podem me chamar de tudo, só não me chame de corrupto”. Em seguida, fez quase uma promessa: “Temos uma chance viva de mudar o comandante desta nação. No dia 1º de janeiro, nós subiremos a rampa de Brasília”.

Em visita a Londrina (PR), em maio, avançou um pouco no seu discurso de pré-candidato: “Gente com o meu perfil pode estar à frente do Brasil em 2018″. Mas logo fez um recuo tático: “Só serei candidato se vocês desejarem”.

Em junho de 2015, ele já falava em ser presidente. Numa audiência pública em Blumenau (SC), afirmou: “O Brasil terá um presidente de direita em 2019”. Após o compromisso oficial, foi tomar café na Pastelaria Chinesa, local visitado por candidatos em campanha. “Dizem que quem toma café aqui vira presidente. Tomei dois para ser reeleito”, brincou o deputado.

A caravana da família também divulga o programa do pré-candidato. Em dezembro do ano passado, em Manaus, falando sobre segurança pública, disparou: “Se alguém diz que quero dar carta branca para policial militar matar, eu respondo: quero sim. O policial que não atira em ninguém e atiram nele, não é policial”.


Em Belém, no mês de outubro, ele já havia tocado no tema: “No que depender de mim, com a ajuda de vocês, todos terão porte de arma de fogo”. Ele também criticou a performance do Museu de Arte Moderna de São Paulo em que um homem aparece nu. “Essa história de criança passar a mão em homem nu não vai ter não”.

Fonte: pragmatismopolitico.

Policia Militar prende parte do bando que assaltou carro forte e levou R$ 5 milhões no Maranhão


Policiais militares prenderam agora a pouco (por volta das 21h20) quatro dos 15 integrantes de um bando fortemente armado que assaltou e detonou um carro-forte da empresa de segurança de valores, Prossegur, quando levava R$ 5 milhões entre as cidades de Coroatá, Alto Alegre do Maranhão e o povoado de Caxuxa. Uma parte fugiu para a cidade de Bacabal e outra que imaginou chegar em São Luís foi barrada em Bacabeira. A resposta da PM foi imediata. 

Os assaltantes que foram presos estavam com armamentos pesados dentro de um veículo e com fardas da PM-Ma escondidas.  Vejam os vídeos abaixo no momento da prisão dos bandidos e a retiradas das armas.

Fonte: Blog do Luis Cardoso

quinta-feira, 12 de abril de 2018

Bandidos tocam terror e assaltam carro forte em Alto Alegre do Maranhão

Por volta das 19:horas desta quinta-feira(12), um carro-forte foi abordado por cerca de dez bandidos armados que chegaram a trocar tiros com os vigilantes e usaram explosivos para arrebentar a porta do veículo que foi parar no meio da pista.

Os bandidos fugiram levando um ou mais malotes com dinheiro.

A empresa de transporte de valores ainda não revelou a quantia roubada.

Apesar do fogo cerrado, não houve vigilantes feridos.

O roubo aconteceu na rodovia BR-316, próximo ao antigo posto fiscal do povoado Caxuxa, em Alto Alegre do Maranhão. A Polícia Militar tem feito incursões pela região no intuito de localizar o bando que estaria com armas de grosso calibre, inclusive fuzis.

Suspeitos

Minutos depois da ação criminosa, 6 homens foram detidos em um Fiat/Palio, de cor branca. Os mesmos ainda tentaram empreender fuga, porém, foram interceptados no bairro Coelho Dias, na área onde residem.

Com eles foram aprendidos três revolveres calibre 38 e seus aparelhos celulares.

A Polícia Militar ainda não tem provas que o sexteto tenha envolvimento com o assalto ao carro-forte, porém, a suspeita é que pelo menos tenha dado suporte ao bando que praticou o crime.







Fonte: Blog do Sérgio Matias

Atuação extrajudicial da DPE garante o restabelecimento de manilhas do sistema de esgoto de via pública em Lago da Pedra

O Núcleo Regional da Defensoria Pública de Lago da Pedra-MA prestou recentemente atendimento aos moradores da Rua Senador Vitorino Freire, bairro Vila da Paz, pertencente ao Município de Lago da Pedra-MA, sendo relatado que o grupo EDECONSIL CONSTRUÇÕES E LOCAÇÕES LTDA, ao realizar serviços de engenharia para melhoramento e pavimentação das rodovias estaduais, no trecho MA 245 com extensão de 65,41 KM, acabou retirando as manilhas do sistema de esgoto do local na avenida, causando sérios danos aos moradores da referida Rua Senador Vitorino Freire.
                                                                                             
Os moradores da localidade também destacaram que a retirada das manilhas do sistema de esgoto fez exalar um odor insuportável, sendo um atrativo para a proliferação de ratos, moscas e baratas para dentro das residências dos cidadãos, gerando inclusive um grave problema de saúde pública na avenida. Ademais, também ressaltaram que a retirada das manilhas pela EDECONSIL fez com que a água da chuva se misturasse com a do esgoto e invadisse algumas residências, causando imensuráveis prejuízos aos moradores da localidade, os quais não possuiriam outro lugar para residir.

Diante de tais circunstâncias, os Defensores Públicos Alex Pacheco Magalhães e Rafael Caetano Alves Santos, titulares do respectivoNúcleo, realizaram visita in loco, constatando todo o problema narrado, além de imediatamente expedirem recomendação e solicitação de informações à empresa EDECONSIL, a qual permaneceu em silêncio acerca da situação.

Buscando e primando sempre por uma efetiva atuação extrajudicial, os defensores através do projeto CREC – Centro de Resolução Extrajudicial de Conflitos, implantado há cerca de 01 (um) ano pelos idealizadores, mantiveram contato com Secretários do Município de Lago da Pedra-MA, solicitando providências e uma intermediação junto à empresa questionada.

Ato contínuo, o Poder Público Municipal ao ser provocado pela atuação defensorial manteve contato com a referida empresa, sendo então resolvido todo o problema, o que conduziu ao restabelecimento das manilhas do sistema de esgoto na via pública em favor dos moradores da região, resgatando a dignidade das famílias atingidas.


Para os defensores Alex e Rafael, “cada atuação extrajudicial traduz muito bem o significado do papel exercido pela Defensoria Pública em favor dos assistidos. A Defensoria é protagonista em promover e garantir direitos, pois acesso à Justiça não significa simplesmente judicializar uma demanda. Sem dúvida a desjudicialização é o caminho a ser primado, resolvendo-se materialmente os conflitos. Quem ganha mais uma vez é a população.”

quarta-feira, 11 de abril de 2018

Passa de 20 o Número de mortos em tentativa de fuga no Pará

Uma tentativa de fuga em massa de presos do Centro de Recuperação Penitenciário do Pará III (CRPP III), no Complexo Prisional de Santa Izabel, na região metropolitana de Belém, deixou ao menos 21 mortos na tarde desta terça-feira, 10. Uma das vítimas é um agente penitenciário. As outras são detentos e integrantes do grupo que tentou realizar o resgate dos presidiários.

De acordo com a Secretaria Estadual de Segurança Pública e Defesa Social (Segup), a tentativa de fuga aconteceu por volta das 13 horas e contou com apoio de um grupo externo fortemente armado. Segundo informações preliminares, os presos também tinham armas dentro do presídio. Durante a ação, foram utilizados explosivos contra um dos muros do solário do Pavilhão C. Nesse momento, houve uma intensa troca de tiros entre a equipe que efetuava a tentativa de resgate em apoio externo, parte dos custodiados e a equipe do Batalhão Penitenciário.

Até as 18 horas, a Segup informou que a situação já estava controlada. Agentes penitenciários e policiais militares faziam a contagem de presos. Ainda não foi confirmada a fuga de nenhum detento.

Com a troca de tiros, foi confirmada a morte de um agente penitenciário, que tem a identidade preservada em sigilo até que a família seja oficialmente comunicada. Outros quatro agentes de segurança também ficaram feridos, sendo um em estado grave – ele está internado em um hospital na Grande Belém.

Até o momento, a secretaria confirmada a morte de outras 20 pessoas, entre presos e integrantes do grupo criminoso de resgate. Segundo a pasta, a identificação e contagem poderá identificar quantos eram custodiados do sistema penal e quantos pertenciam ao grupo criminoso que tentou realizar o resgate.

Segundo o Conselho Nacional de Justiça (CNJ), a unidade tem capacidade para 432 detentos, mas abriga 659. Já no complexo penitenciário, há cerca de 3.400 presos.

A Companhia de Operações Especiais da Polícia Militar do Pará deslocou efetivo tático para reforçar a segurança do complexo. Já a Superintendência do Sistema Penitenciário do Estado (Susipe) ainda não confirmou se houve fuga de presos na ação. Uma revista e recontagem de detentos é realizada na unidade prisional.

Buscas

A Segup informou ainda que, desde o início da tarde, foram iniciadas as buscas pelos criminosos que atuaram na tentativa de resgate em apoio externo. Também iniciaram as investigações para apurar os grupos que agiram no caso, assim como a entrada de armas na unidade, além de todas as circunstâncias das trocas de tiros durante a tentativa de resgate de presos.

O delegado Rodrigo Leão, diretor da Seccional de Santa Izabel do Pará, está com equipe policial acompanhando a situação, além de duas equipes da Divisão de Homicídios e uma da Divisão de Repressão ao Crime Organizado (DRCO).

A polícia apreendeu no local dois fuzis, três pistolas e dois revólveres que estavam com o bando que tentou invadir o presídio.


Fonte: reporterdiario