Barra de Pesquisa

quarta-feira, 21 de março de 2018

Preso no mato grosso homem que matou policial a pauladas em Paulo Ramos - MA.

O acusado e a vitima
Condenado a 22 anos de prisão por assassinar a pauladas o policial militar Edivaldo Carvalho, no município de Paulo Ramos, em 2010, Danilo de Sousa Araújo, de 25 anos de idade, foi preso nessa segunda-feira (20), em Paranatinga, a 411 km de Cuiabá.

Conforme a Polícia Civil do Mato Grosso, Danilo era foragido de justiça e foi abordado no centro da cidade durante rondas na região. Na abordagem, ele apresentou uma identidade falsa, com o nome de Roberto Ferreira de Moura.

Danilo ainda é suspeito de assassinar uma mulher e uma travesti, em um bar, em Luziânia, no Distrito Federal, em março de 2017.

Caso do policial

Lotado no 15º Batalhão de Polícia Militar de Bacabal, Edvaldo foi assassinado de forma bárbara quando estava de folga e trafegava em sua motocicleta. Ele foi tacado por dois meliantes que tomaram sua arma e o golpearam com pauladas. Devido aos ferimentos, principalmente na cabeça, o policial não resistiu.

Edivaldo residia em Bacabal e prestava serviço em Paulo Ramos.

O corpo foi trazido para Bacabal e velado na sua residência, na rua Virgílio Parma.

Logo após realizarem o crime, os dois criminosos fugiram para um sítio no povoado Lata, zona rural do município de Lago da Pedra, em seguida, rumaram para Lago do Junco quando acabaram sendo presos.

Além de Danilo de Sousa Araújo, à época com 18 anos, foi preso um menor de 16 anos.

Daniel alegou legítima defesa. Segundo ele, ao trafegarem de motocicleta colidiram com o veículo da vítima. Com medo que o policial revidasse, resolveram ataca-lo a pauladas.

A polícia também teve acesso às imagens do circuito de TV de um posto de combustível. As imagens mostram o policial conversando com o vigia minutos antes de ser morto e, logo em seguida, os assassinos passando devagar de motocicleta e retornando em alta velocidade.
  
Danilo e o menor foram detidos com as mesmas roupas que estavam usando no momento das imagens. No local do crime a polícia também encontrou um par de chinelos e um tênis que a mãe do menor confirmou ser dele. 

Do blog do Sérgio Matias (Com informações do 15º BPM e G1MT).