Barra de Pesquisa

terça-feira, 7 de março de 2017

Carioca do Rio de Janeiro tenta reencontrar amigo maranhense 37 anos depois e pede ajuda ao blog

Fernando Motta - O Carioca
O titular desse blog(Vilmar Ferreira) recebeu na sua pagina, na rede social(Facebook), um pedido de uma pessoa, leitor do blog e que mora no Rio de Janeiro "Fernando Motta", que pediu para que pudéssemos vos ajudar, no sentido de encontrar um velho amigo, que conhecera na década de 80, nos garimpos, no estado do Pará, e que esse senhor dissera ser de Lago da Pedra-MA.

Vamos fazer a nossa parte, vamos ajudar Fernando(O Carioca) a encontrar seu amigo Francisco:

Leia na integra, o que relatou Fernando Motta...
Em 29 de dezembro de 2016 ás 17:26.

“Prezado Vilmar ;boa tarde peço a gentileza de que me ajude a encontrar meu amigo Francisco (mergulhador nos garimpos de Itaituba na década de 80) ele é natural daí de Lago da Pedra, tem estatura mediana; pele escura e deve ter uns sessenta e poucos anos é de pouco falar ;porém muito bem educado; dê notícias por favor. Feliz 2017”

Depois que deixamos uma mensagem para Fernando, confirmando o desejo de lhes ajudar a encontrar o seu amigo Francisco; veja a mensagem que ele nos enviou, confirmando alguns dados questionados por nós...

Boa noite Vilmar; agradeço pela boa vontade em ajudar-me; Moro na cidade do Rio de Janeiro onde nasci e voltei à morar; porém no início da década de oitenta; decidi trabalhar nos garimpos de ouro na região de Itaituba(rio Tapajós), onde conheci meu parceiro de mergulhos em balsas nos rios Marupá e Cripuri onde trabalhamos juntos; Meu apelido era carioca e trabalhamos na balsa do Manuel(Carioca também). 

O nome do meu amigo é Francisco e não tinha apelido; Ele é da côr negra e muito tranquilo; um bocado tímido também, e disse-me ser de Lago da Pedra; nos vimos por último no garimpo do Rio Madeira em Rondônia.

Ele deve ter aproximadamente minha idade, que é 65 anos; caso consiga localizá-lo, peça que entre em contato comigo pelo face ou ligue-me, desde já muito grato e saiba que sinceramente amo o Maranhão; devido ao povo que é muito amável e hospitaleiro; já passei uma temporada em Grajaú; onde fiz camaradagem até com o cacique da tribo que margeia a cidade. GDE.ABÇ.”

Bem amigos, quem souber do paradeiro do Francisco. Souber dessa historia, ou se você é o Francisco que esse amigo procura, por gentileza entre em contato com o blog, deixando seus contatos que de imediato, entraremos em contato com você, onde lhes repassaremos os contatos do seu amigo Fernando Mota(O Carioca)
Parte superior do formulário

Contato com o blog: whatsapp (99) 9 8131-2438