Barra de Pesquisa

segunda-feira, 22 de fevereiro de 2016

Rodrigo Quebra-Queixo é morto com dois tiros á queima-roupa em Lago da Pedra

Local do crime
Morreu em Lago da Pedra, Rodrigo da Silva Melo, mais conhecido por Rodrigo quebra-queixo, o jovem tinha 18 anos e completou sua maioridade este mês; ou seja; morreu no mesmo mês em que nasceu.

Rodrigo morava com os pais, na rua Hilário Neto, Bairro Planalto em Lago da Pedra-MA, onde seu corpo está sendo velado e deverá ser sepultado na tarde desta segunda-feira(22), no cemitério Napoleão Dias de Maria, bairro cajueiro nesta cidade.

A vitima já morta
Rodrigo já tinha passagem pela policia, e já era muito bem conhecido; Uma certa vez, ele sabendo que seu pai tinha uma boa quantia em dinheiro, que juntara para pagamento de tratamento de saúde, arquitetou o roubo do dinheiro do próprio pai, chegando com seus comparsas em casa, chamando pela por sua mãe, que ao abrir a porta, após houvi o chamado do filho; foi surpreendida com os bandidos, que entraram indo direto onde estava o dinheiro, pois tinham como guia, o filho da família.

O pai de Rodrigo, seu Raimundo Quebra-Queixo, como é conhecido, já teve outros dois filhos mortos á tiros, pois os outros filhos, assim como Rodrigo, optara pelo mundo do crime. Uma única irmã de Rodrigo, filha de seu Raimundo, já de  um segundo casamento, está em Brasilia e não virá para o sepultamento do Irmão, por motivo de crise financeira, segundo nos foi informado, pela própria mãe de Rodrigo.

Rodrigo, uma outra oportunidade tentou roubar uma moto, mais, não deu certo,  e foi pego por populares, e nesse dia, pegou uma baita de uma surra, e videos da ocasião circula pela internet.

Entenda o caso:

O corpo no chão
Era por volta da 20:00hs, noite de domingo(21): Rodrigo Quebra-Queixo, estava em frente a uma casa que fica ao lado da comunidade Kolping, na rua Ana Sales, bairro Planalto em Lago da Pedra-MA, quando dois homens, apareceram em uma moto Brós-160(testemunhas não informaram cor e placa da moto), e o da garupa, efetuou três disparos á queima-roupa na vitima, que mesmo baleado, conseguiu sair correndo, entrando no portão da Kolping, que estava aberto e arrodeou para trás de uma casa que tem no local, caindo em seguida. Dois, dos três tiros, acertaram a vitima.

Rodrigo, ainda foi socorrido por pessoa que estavam próximo, foi levado para  o hospital  na garupa de uma moto, mais, veio a óbito ainda no caminho.

Segundo informações, os dois homens que chegaram na moto, não usavam nem um tipo de mascara, apenas um, o piloto da moto, usava um boné na cabeça.


Os autores pelo crime foram reconhecidos por pessoa que estavam nas proximidades do local do crime, mais os nomes não poderam ser divulgados, para não atrapalhar a investigação da policia.