Barra de Pesquisa

quarta-feira, 27 de janeiro de 2016

Tentativa de assalto e três assaltantes morrem em confronto com a polícia no interior do Maranhão

Assalto - Tentativa frustrada
Três suspeitos de assalto levaram a pior em troca de tiros com policias da Força Tática da PM e terminaram morrendo na tarde desta terça-feira (26).

 O confronto ocorreu às margens da rodovia entre as cidades de Estreito e Carolina, no Sul do Maranhão, a cerca de 7 Km de Pedra Caída. Dois assaltantes teriam conseguido fugir.

Pelas informações da polícia, o trio tentou roubar um caminhão dos Correios na cidade de Porto Franco, a 700 Km de São Luís,  mas a  polícia agiu rapidamente, iniciando-se uma perseguição. 

Na abordagem, eles reagiram com disparos de arma de fogo contra os policiais. Houve reação dos PMs e o trio terminou morrendo.

Juselino, Sidney e Antônio
Os assaltantes mortos foram identificados como Juselino Alves da Silva, de 30 anos, de Axixá do Tocantins;  Sidney dos Santos e Santos, de 39 anos, de Belém/PA; e Antônio Pinheiro de Sousa Júnior, de 30 anos, de São Luís.

Documento do carro usado no roubo
Eles estavam em um veículo Voyage City, de cor prata, placa OFV-2053, de Araguaína/TO, em nome de Carleanes Silva de Oliveira. 

Ao consultar o sistema do Denatran, não consta registro de roubo do veículo.

Assaltos no interior
  
Bandidos mortos
Há suspeitas de que os assaltantes que morreram nesse confronto com policiais sejam integrantes de quadrilhas que estão praticando assaltos a bancos e agências dos Correios no interior do Maranhão

Nesta terça-feira (26), por volta das 2h30, quatro homens chegaram em duas motos e explodiram a agência do Banco do Brasil da cidade de Paraibano, à 505 Km da capital.

A Polícia ainda procura os suspeitos de cometerem o crime. A quantia roubada não foi revelada. Essa é a segunda vez somente este ano, que bandidos cometem essa modalidade de crime na cidade. No dia 19 de janeiro, o alvo foi a agência do Bradesco.

Outros casos

Ontem, sete bandidos arrombaram a agência bancaria do Bradesco na cidade de Araguanã. Aproximadamente meia hora depois, bandidos arrombaram o cofre da agência dos Correios da cidade de Maranhãozinho.

A ocorrência do Banco do Brasil da cidade de Paraibano foi o décimo segundo caso de assaltos a agências bancárias ocorridos no Maranhão.Os bandidos atacaram as agências bancárias de Araguanã (Bradesco), Alto alegre do Pindaré (Bradesco), duas agências em Igarapé Grandes (Banco do Brasil e Bradesco), Bacuri (Banco do Brasil), Maracaçumé (Banco do Brasil), Grajaú (Banco do Brasil), Icatu (Bradesco), Paulo Ramos (Bradesco), Alcântara (Bradesco), Paulo Ramos (Bradesco), Paraibano(Bradesco e Banco do Brasil).






 Por: Gilberto Lima