Barra de Pesquisa

sábado, 3 de outubro de 2015

Ligações passam a ser gratuitas em orelhões no Maranhão

Orelhão quebrado
De acordo com uma determinação da Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel), as ligações interurbanas feitas de orelhões da Oi para telefones fixos passaram a ser gratuitas desde a última quinta-feira (1°) em 14 Estados brasileiros, entre eles o Maranhão.

A determinação foi imposta pela Anatel porque a empresa não está disponibilizando o patamar mínimo de equipamentos em condições de uso. A decisão valerá até que o problema seja resolvido, ou seja, a resolução força a Oi a providenciar os equipamentos, embora saibamos que as reclamações não vão parar.

De acordo com a Anatel, pelo menos 90% dos orelhões da Oi têm que estar em condições de uso. Em locais onde não há oferta de telefonia fixa, o patamar mínimo é de 95%. A cada 1 mil habitantes, é preciso manter em operação quatro orelhões. Mas onde estão esses aparelhos que ninguém vê?
De acordo com a empresa Oi, a determinação da Anatel já foi acatada. 

Porém a companhia alega que os próprios usuários ou transeuntes de vias públicas, onde os aparelhos são instalados, são os que destroem os equipamentos em atos de vandalismo e esclarece que mantém um programa de manutenção dos telefones públicos. Contudo, o que se vê nas ruas e avenidas do Maranhão são equipamentos depredados ou sem funcionar por conta da operadora campeã de reclamações, isso, claro… quando se encontra algum.

Depois dessa medida a Anatel avisa que fará uma nova verificação na quantidade de orelhões ofertados pela Oi em fevereiro e agosto de 2016.

 Se o problema persistir, a partir de 1º de abril do ano que vem, serão gratuitas as ligações locais de orelhões para celulares, e a partir de 1º de outubro de 2016, não haverá cobrança pelas ligações interurbanas para celulares.


Aí o bicho vai pegar, por que é capaz da companhia tirar os poucos orelhões que ainda restam para ninguém fazer ligação gratuita alguma.

Do blog do Minard