Barra de Pesquisa

quarta-feira, 26 de agosto de 2015

E o pau quebrou - Marido se recusa a trabalhar e quer viver só às custa do Bolsa Família afirma esposa

E o pau quebrou
Um homem identificado como Raimundo Mendes Veras, 21 anos de idade, está sendo acusado de ameaçar de morte sua esposa, Edilene Rodrigues, de 26 anos.
O fato ocorreu na noite de domingo (23), no povoado Santo Antônio dos Vieiras, zona rural de Bacabal.

A casa do casal
Raimundo teria ficado revoltado após sua esposa insinuar que queria colocar um fim na relação, entretanto, o clima só esquentou mesmo depois que ele saiu e, horas depois, retornou bêbado para casa dizendo estar possuído por espíritos malignos e se recusando a aceitar a separação.

Tudo bagunçado
Armado com uma faca, Raimundo segurou em um dos braços de Edilene que, por sorte, conseguiu se desvencilhar e correr em direção à casa de vizinhos, enquanto seu marido dava início a uma quebradeira que incluiu aparelho de TV, mesa, armário e outros móveis e objetos.

Edilene
Com medo de ser morta, Edilene acionou a Polícia Militar de Bacabal, porém, ela alega que foi orientada a entrar em contato com o Destacamento da cidade de São Luís Gonzaga do Maranhão, já que apesar de pertencer a área territorial de nossa cidade, as ocorrências policias na localidade que ela reside, são atendidas por lá em função da proximidade. Enquanto isso o acusado empreendeu fuga e, até por volta do final da tarde desta terça-feira (25), Edilene não havia comparecido na Delegacia Especial da Mulher para ser ouvida.

Para a imprensa ela relatou que a motivação do seu pedido de separação é porque o acusado pretendia continuar vivendo apenas à custa do beneficio do ‘Bolsa Família’ que o filho do casal recebe do Governo Federal. 


Por: Sérgio Matias