Barra de Pesquisa

sexta-feira, 24 de abril de 2015

Prefeitura de Paulo Ramos realizará mutirão de combate à dengue

O Ministério da Saúde divulgou, esta semana, dados do Levantamento Rápido de Índices para Aedes aegypti (LIRAa). O LIRAa confirma 916 casos de dengue no Maranhão até a oitava semana de 2015. No mesmo período, em 2014, foram contabilizados 390 casos. O número quase triplicou.

Não há registro de dengue grave ou óbito no estado este ano. No entanto, 4 casos foram considerados dengue com sinais de alarme. No ano passado, 5 casos graves da doença, 14 com sinais de alarme e 5 óbitos foram confirmados. O principal criadouro do mosquito da dengue, no Nordeste, é o armazenamento inadequado de água. A prática é responsável por 76,5% dos casos.
A fim de ajudar a mudar esta realidade no estado, a prefeitura de Paulo Ramos irá realizar um mutirão de combate à dengue na próxima quarta-feira (29) de abril e irá contar com todas as equipes de saúde local. Equipes de Estratégia de Saúde da Família, Vigilância Epidemiológica, Agentes de Endemias, Agentes Comunitários de Saúde e NASF.
OBJETIVO
O mutirão terá início a partir das 08:00hs na Praça Central e após algumas ações, os profissionais se deslocarão aos bairros onde visitarão todas as residências com o objetivo de identificar locais que possam servir de criadouros do mosquito da dengue, além de ainda distribuir materiais educativos sobre a doença e como evitar a formação de novos criadouros.
SINALIZAÇÃO
Em cada residência que esteja recebendo a visita das equipes de saúde, uma bandeira estará afixada na porta e ela será retirada na saída, após confirmação da eliminação dos focos do mosquito.
PREFEITURA
Com esta ação a prefeitura de Paulo Ramos mostra mais uma vez seu compromisso com a população e ainda faz o cidadão refletir sobre os cuidados com a doença.
Para evitar a proliferação do mosquito Aedes Aegypti e a possível transmissão da dengue. Alguns cuidados são necessários:
$1·         Realizar a limpeza adequada dos reservatórios de água;
$1·         Manter os depósitos de acondicionamento de água fechados;
$1·         Não acumular lixo nos quintais e em terrenos baldios e destinar o lixo em local adequados.
$1·        
Em caso de suspeita de dengue, o paciente deve procurar o serviço de saúde e evitar automedicação.


Por Flávio Rocha