Barra de Pesquisa

quarta-feira, 4 de março de 2015

Presidentes de Colônias e Sindicatos de pescadores na mira da policia federal

Operação peixe grande
Começaram as primeiras prisões levadas a efeito pela operação “Peixe Grande” , realizada pela Polícia Civil do Maranhão.
A operação consiste na investigação em colônias e sindicatos dos pescadores que nos últimos anos elevaram da noite pro dia os números de associados em todos os municípios do Maranhão, garantindo o seguro defeso e outras vantagens. A ordem a passar a malha fina.
No Maranhão o número de pescadores aumentou em mais de 800% nos últimos tempos, inclusive em cidades onde não existem rios, mares, e muito menos açudes.
Em Viana a operação já foi desencadeada, lá existem cerca de 12 mil pescadores, sendo boa parte de aquário ou de ilusão. Foram apreendidas carteiras e uma grande quantia em dinheiro. O montante ainda não foi divulgado pela polícia.
Foi preso o vice candidato a prefeito na chapa de Magrado Barros, o ex-presidente do Sindicato dos Pescadores de Viana, Antonio D’Inês, um filho seu, que é presidente do Sindicato dos Pescadores de Penalva.
Além dos deputados Edson Araújo e Cléber Verde, presidentes de Colônias de Pescadores em todo o Maranhão estão sendo investigados, secretamente, pela “Operação Malha Fina”, que investiga uma série de aposentadorias e seguros-defesos irregulares, que somam milhões em prejuízo ao erário público. Além de presidentes de Colônias, membros das entidades e pessoas que foram favorecidas pelas praticas fraudulentas também são alvo de investigações.
 
Fonte: Luis Cardoso