Barra de Pesquisa

segunda-feira, 23 de março de 2015

MA-119 entre Lago da Pedra e Paulo Ramos já está liberada

A ponte 
O município de Paulo Ramos ficou isolado durante três dias por causa de uma de suas 07 pontes da MA-119, a da localidade Arroz que tinha sido substituída por um monte de barro e que foi levado na tarde da última sexta-feira (20) pelas águas represadas durante esses dias de chuva na região. A situação toda se transformou em um verdadeiro caos e as pessoas que precisavam transitar por ali ficavam sem saber o que fazer com o passar das horas.

O PREFEITO

Tão logo soube da situação, o prefeito de Paulo Ramos, Dr. Tanclêdo Lima Araújo imediatamente entrou em contato com o Secretário de Infraestrutura de Estado, Clayton Noleto que de pronto atendeu ao apelo do gestor. As equipes chegaram ao local em um curto espaço de tempo e rapidamente iniciaram a construção de uma nova ponte. 

O DEPUTADO

Vale destacar ainda o empenho e companheirismo do Deputado Estadual, Léo Cunha que já havia visitado a secretaria acompanhado de Tanclêdo há quase 20 dias atrás, solicitando a retomada das obras no município entre outros assuntos.



Chegada da nova estrutura
A nova estrutura é de madeira novamente, mas melhor que o povo ficar isolado, principalmente no caso de pacientes que são transferidos de um município para outro e que eram obrigados a esperar uma oportunidade dentro de horas para chegar ao local de destino.




A pressa era tanta que nem mesmo havia terminado a obra na tarde deste domingo (22), os condutores de veículos se arriscavam passando por cima de pregos e nos buracos ainda existentes na estrutura.
Neste momento o trânsito já está fluindo normalmente e agora as pessoas já podem retomar suas rotinas.

ESPERANÇA

A exemplo de algumas das 07 pontes que já foram recuperadas na MA-119 e que agora tem estrutura de concreto, esperamos que as que ainda são de madeira sejam substituídas o mais breve possível e que acabe de vez com todo esse transtorno em uma das estradas mais perigosas da nossa região.      

Por Flávio Rocha 

Fotos a seguir: Vilmar Ferreira.