Barra de Pesquisa

quarta-feira, 21 de janeiro de 2015

Flávio Dino anuncia reforma emergencial de 93 escolas, reajuste de piso e seletivo de professores

Flavio-Dino-Marista
O governador Flávio Dino assinou, na manhã desta terça-feira, uma série de medidas para a melhoria da educação básica da rede estadual do Maranhão. Acompanhado da Secretária de Estado da Educação Áurea Prazeres e de representantes do Sindicato dos Professores, Flávio Dino assinou um pacote de medidas imediatas para a melhoria da qualidade da educação no Estado.


As medidas tomadas por Flávio Dino preveem a melhoria salarial e valorização dos professores de rede pública, bem como melhoria da infraestrutura da rede.

Progressão Salarial

Flávio Dino determinou o pagamento da progressão salarial dos professores da rede Estadual. O pagamento da Progressão ainda dentro do mês de janeiro era uma reivindicação antiga dos servidores. No governo anterior os docentes recebiam a progressão apenas a partir de março e dividida em parcelas

Reajuste dos professores contratados


O governador do Maranhão determinou reajuste de 15% para professores contratados que atuam na rede de ensino. O aumento deverá valer já para o mês de janeiro e beneficiará todos os docentes contratados

Piso salarial


Flávio Dino assinou medida provisória que determina reajuste de reajuste de 13,01% no piso nacional dos profissionais da educação que será integralmente pago no mês de janeiro. Ao todo 28.577 profissionais da Educação Básica serão beneficiados.

Reforma de 93 escolas

O governo promoverá reforma emergencial e imediata de 93 escolas da rede estadual que se encontram atualmente em situação precária. Flávio Dino determinou que além das reformas, as escolas sejam acompanhadas integralmente com a melhoria da infraestrutura da rede. A medida está dentro do Programa Escola Digna, que prevê a melhoria de toda a rede de ensino no Estado. A reforma emergencial será realizada antes do início do ano letivo.

Seletivo para contratação de novos professores


O Governo do Estado vai realizar processo seletivo emergencial para contratação imediata de mil professores ainda neste semestre. A medida visa garantir que, o início do ano letivo nas escolas do estado, previsto para 16 de março, seja com todos os professores em sala de aula e sem déficit nas disciplinas. Flávio Dino anunciou a realização de concurso público ainda neste ano.


O governador destacou o compromisso com a melhoria do Serviço público e instalação de uma pedagogia transformadora e autenticamente capaz de formar plenamente os cidadãos.


Além das medidas anunciadas hoje, o governo implantará ações de democratização das escolas com a eleição direta para diretores de escola, bem como a construção de uma articulação direta e permanente entre a rede estadual e os municípios.



Fonte: Maranhão da gente