Barra de Pesquisa

quinta-feira, 4 de dezembro de 2014

Atraso nas obras de duplicação da BR-135 causa transtornos no Campo de Perizes


Compra de máquinas atrasou andamento das obras.
(Crédito foto: G1 MA)
  A duplicação da BR-135 está causando transtornos para os condutores. A obra deveri ter sido entregue no mês de outubro, mas atrasou por conta da compra de máquinas.

Segundo o Superintendente do Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes no Maranhão (DNIT/MA), Gerardo Fernandes, além do atraso das obras, outro problema diagnosticado pela a equipe foi quanto à irregularidade do solo que se mantém mole. Ele afirma que, apesar dos serviços estarem bem adiantados, o trecho que está sendo duplicado bem na altura do Campo de Perizes só será concluído completamente no próximo ano.

São dezoito quilômetros de solo mole, onde devido a Ferrovia da Vale do Rio Doce, tem a ferrovia da Transnordestina. Qualquer deslocamento de terra ali com a ocupação dessa terra por outro solo podia comprometer essas ferrovias”, ressalta.

Quem dirige pela BR-135 precisa redobrar a atenção no Campo de Perizes, com o maior índice de acidentes há pontos de redução de velocidade e até de paradas obrigatórias. Com tantas recomendações, o atraso se torna ainda mais constante entre os condutores que são obrigados a passar mais tempo na estrada correndo riscos como acidentes e assaltos.

De acordo com o sargento Moraes, da Polícia Militar, o trabalho de segurança tem se intensificado bastante nessa área, a fim de diminuir as prováveis situações de risco. “Constantemente nós estamos aqui e diminuiu bastante o índice de criminalidade aqui na área”.
 
 
Fonte: Diário de Balsas