Barra de Pesquisa

sexta-feira, 24 de outubro de 2014

Mulher suspeita de matar a própria filha está internada em estado grave

Ela tentou cometer suicídio após crime, mas foi encontrada com vida pelo tio

A mulher suspeita de degolar a filha de quatro anos, identificada como Vanuza Nascimento da Silva, de 25 anos, está internada em estado grave. Ela tentou suicídio após o crime e, segundo informação do hospital, estava em coma até a tarde de quarta-feira (22). 
A morte da criança aconteceu na cidade de Lábrea, distante 851 km de Manaus (AM), na terça-feira (21). Segundo a polícia, ela tentou suicídio em seguida, mas sobreviveu.
De acordo com o delegado Bruno Hitotuzi, familiares disseram que a jovem tem problemas psicológicos e havia dito na segunda-feira (20) que tinha a intenção de matar a criança. Ela chegou a receber atendimento psiquiátrico da prefeitura, mas voltou para casa com a filha. 
Um tio que mora perto das duas notou que a sobrinha não saía de casa. Ele entrou na residência e encontrou o corpo da criança sobre a cama e Vanuza ainda com vida. Ela foi encaminhada ao hospital.

O delegado disse que Vanuza morava com um namorado, mas que ele estava viajando no momento do crime. Ele informou que a jovem tem hematomas no corpo que indicam agressões e que será investigada a participação de uma terceira pessoa na morte da menina.


Fonte: R7, com Rede Record