Barra de Pesquisa

terça-feira, 7 de outubro de 2014

Dos 42 deputados estaduas eleitos, apenas 6 ficarão na oposição

Ao contrário do último governo de Roseana Sarney (PMDB), que enfrentou uma bancada de 12 ferrenhos deputados da oposição, a administração de Flávio Dino terá uma folgada maioria na Assembleia Legislativa.
Na eleição de domingo passado dia 05, 26 candidatos ligados ao Palácio dos Leões foram reeleitos e eleitos. Deste total, somente 6 parlamentares farão oposição ao governo Flávio Dino.
São Eles: Andrea Murad (PMDB), Sousa Neto (PTN), Edilázio Júnior (PV), Adriano Sarney (PV), Roberto Costa (PMDB) e Max Barros (PMDB).
Os quatro primeiros tem ligações umbilicais com a família Sarney. E os dois últimos seguem orientações de pessoas ligadas ao grupo da governadora, a exemplo de Max Barros que obedece Roseana Sarney e o marido, Jorge Murad, e Roberto Costa ao senado João Alberto.
Os 20 eleitos e reeleitos pela bancada da situação nunca deixarão de ser governo, como aconteceu com alguns que estão nesta relação abaixo que viraram governo no período de Jackson Lago e depois continuaram no governo quando o pedetista foi cassado.

1º Josimar de Maranhãozinho (PR) – 99.252 – governo
2º Glauber Cutrim (PRB) – 85.984 – governo
3º Ana do Gás (PRB) – 78.287 – governo
4º Andrea Murad (PMDB) – 77.889 – oposição
5º Dr. Antônio Pereira (DEM) -73.353 – governo
6º Humberto Coutinho (PDT) – 67.982 – governo
7º Roberto Costa (PMDB) – 57.559 – oposição
8º Edilázio Júnior (PV) – 56.239 – oposição
9º Edson Araújo (PSL) -55.269 – governo
10º Nina Melo (PMDB) – 52.979 – governo
11º Léo Cunha (PSC) – 50.828 – governo
12º Max Barros (PMDB) – 49.495 – oposição
13º Adriano Sarney (PV) – 48.463 – oposição
14º Sousa Neto (PTN) – 48.118 – oposição
15º Eduardo Braide (PMN) – 47.519 – governo
16º Carlinhos Florêncio (PHS) – 42.032 – governo
17º Stênio Rezende (PRTB) – 41.857 – governo
18º Rigo Telles (PV) – 41.016 – governo
19º Bira do Pindaré (PSB) – 38.829 – governo
20º Zé Inácio (PT) – 38.753 – governo
21º Ricardo Rios (PEN) – 38.575 – governo
22º Rogerio Cafeteira (PSC) – 37.229 – governo
23º Neto Evangelista (PSDB) – 36.297 – governo
24º Cesar Pires (DEM) – 36.221 – governo
25º Alexandre Almeida (PTN) – 36.021 – governo
26º Fábio Macedo (PDT) – 35.770 – governo
27º Paulo Neto (PSDC) – 34.580 – governo
28º Raimundo Cutrim (PCdoB) – 33.760 – governo
29º Valéria Macedo (PDT) – 33.159 – governo
30º Vinicius Louro (PR) – 32.870 – governo
31º Junior Verde (PRB) – 32.223 – governo
32º Edvaldo Holanda (PTC) – 31.688 – governo
33º Professor Marco Aurélio (PCdoB) – 30.900 – governo
34º Sérgio Frota (PSDB) – 30.525 – governo
35º Graça Paz (PSL) – 30.313 – governo
36º Othelino Neto (PC doB) – 30.196 – governo
37º Fábio Braga (PT do B) – 29.612 – governo
38º Heméterio Weba (PV) – 27.459 – governo
39º Francisca Primo (PT) – 27.330 – governo
40º Welington do Curso (PPS) – 22.896 – governo
41º Dr. Levi Pontes (SD) – 19.603 – governo
42º Cabo Campos (PP) -19.298 – governo


Por Neto Ferreira