Barra de Pesquisa

segunda-feira, 18 de agosto de 2014

Jornalista Jota França morre aos 61 anos em São Luís




Morreu aos 61 anos, na madrugada desse domingo (17), em um hospital de São Luís, o jornalista José de Ribamar de França Rego, o Jota França, vítima de complicações decorrentes de cirrose hepática. O jornalista integrou importantes veículos de comunicação do estado maranhense. A informação foi publicada pelo jornal "O Estado do Maranhão".

Jota França foi colaborador de "O Estado do Maranhão" por mais de 20 anos, exercendo os cargos de repórter, editor e secretário de redação. Também foi assessor de imprensa da Secretaria de Estado de Educação (Seduc), com passagens pela Rádio Educadora de Parnaíba, no Piauí, no jornal Correio dos Municípios, Revista Impacto, Rádio Capital, Rádio Gurupi (atualmente Rádio São Luís) e Rádio Ribamar (hoje Rádio Cidade).
O corpo do jornalista foi velado na Pax União e, o sepultamento, ocorreu no cemitério Parque da Saudade, no Vinhais.

Em nota, a Secretaria de Estado de Comunicação Social (Secom), em nome de todos os assessores do governo e servidores, lamentou profundamente a morte do jornalista Ribamar França.
"Com uma trajetória de dedicação ao jornalismo, na qual passou por diversos veículos de comunicação do estado, França trabalhou por 15 anos com muita competência na Assessoria de Comunicação da Secretaria de Estado de Educação (Seduc), onde exercia a função de editor", diz a nota.