Barra de Pesquisa

quinta-feira, 31 de julho de 2014

O Instituto de Pesquisa Econométrica apronta de novo

Advogados da coligação “Todos pelo Maranhão” estiveram na manhã desta quarta-feira (30)  com o objetivo de receber o Banco de Dados  acesso ao banco de dados e questionários da pesquisa publicada  n’O Imparcial, edição do dia 26 de junho de 2014. Considerada irregular pela justiça, mesmo assim a pesquisa foi publicada no jornal, que é ligado à família Lobão. 
Desde o dia 10 de julho, por determinação judicial, a Econométrica deveria ter entregue os dados da pesquisa a coligação “Todos Pelo Maranhão”. A Econométrica chegou ao absurdo de tentar enganar a justiça ,  protocolando  um documento afirmando que já havia entregue os dados aos advogados da Coligação, no entanto enviou documentos que nada tinham a ver com os requeridos pelos advogados. 
De acordo com a decisão do Juiz Federal Ricardo Felipe Rodrigues Macieira, os advogados da Coligação Todos Pelo Maranhão também poderiam ter acesso às dependências da sede do Instituto Econométrica para checar dados e documentos refentes à pesquisa, mas os advogados Carlos Lula e Susan Lucena deram com a cara na porta, encontrando somente um pedreiro no local. Lula e Susan ainda tentaram ligar para os proprietários da Instituto de Pesquisa, mas suas ligações não foram atendidas. 
E assim, mais uma vez, a Econométrica burla decisão judicial. 

Por Ligia Teixeira