Barra de Pesquisa

segunda-feira, 28 de julho de 2014

O morto vivo: Homem aparece vivo em seu próprio velório

O aposentado Manoel Romão, 67 anos, deu um grande susto em seus familiares e amigos. Mas no fim da história, todo mundo ficou feliz ao vê-lo novamente na tarde do último sábado. Em um cena inusitada, Romão compareceu vivo ao cemitério em que ocorreria o seu próprio sepultamento na cidade de Piripiri, localizada ao Norte do Piauí. O aposentado foi dado como morto após ter sido confundido com um ciclista atropelado e que morreu na BR-343, na madrugada de sexta-feira.

Romão estava sumido há três dias. Preocupados, os familiares começaram a procurá-lo por toda a cidade. Ao serem informados sobre o atropelamento, os filhos foram até ao hospital em que a vítima do acidente chegou para ser atendida. Mesmo sem identificação, o corpo, segundo as informações passadas para os parentes, tinha as mesmas características de Manoel Romão. 
A irmã do aposentado, Francisca Maria Oliveira, disse que o fato foi uma grande coincidência. Segundo ela, a pessoa atropelada parecia mesmo muito com o irmão dela e usava roupas iguais. Ela contou que seu filho e outro parente foram ao hospital e acharam que a vítima tinha as mesmas características de Romão. Eles disseram que a pessoa estava com short da mesma cor e com uma bicicleta igual a que o aposentado usava. A dificuldade para reconhecer o corpo se deu pelo fato de o rosto estar desfigurado.

De acordo com amigos, o engano foi desfeito, poucos instantes antes do enterro. Um dos presentes ao velório relatou ter visto o aposentado na zona rural. Ao reconhecer o erro, a família tentou devolver ao IML o corpo que seria enterrado no lugar do de Romão.

Foi quando parentes do morto revelaram o nome da pessoa que foi atropelada e que estava sendo velada. Ela foi identificada como Eliomar Moreira Félix.

Os filhos de Romão foram até o local descrito pelo amigo na zona rural e já voltaram abraçados com ele. Ao chegar no cemitério, todos correram para abraçar o aposentado. Francisca disse que estava feliz, apesar de lamentar a morte da outra pessoa.
Sobre como o irmão reagiu ao chegar no seu próprio enterro, ela explicou que que Romão ficou surpreso e chegou a brincar dizendo que estava “mais vivo do que nunca”. Francisca disse que a família tentará hoje cancelar os documentos que oficializaram a morte de Romão.
  Fonte: O Dia Online