Barra de Pesquisa

terça-feira, 18 de julho de 2017

Homem encontrado morto em Bacabal pode ter ligação com a morte do vaqueiro Cassio de Lago da Pedra

Jhonatam Oliveira
De acordo com a matéria publicada pelo Jornalista Walney Batista em seu blog que leva seu próprio nome: Corpo de homem encontrado próximo a Bacabal é identificado como sendo de um morador do povoado Jejuí, zona rural de Paulo Ramos.

Segundo informações do Blog do Sargento Brito, no final da tarde desta segunda-feira (17) o corpo de um homem foi encontrado por populares próximo a uma ponte, no povoado Sítio Novo, na zona rural de Bacabal.

Jhonatan oliveira
Ainda segundo o blog, pessoas que moram na região avistaram no local três homens, não identificados, em uma picape Fiat Strada. Os homens saíram em direção a Lago da Pedra.

No início da noite, foi constatado de que o corpo se trata de Jhonata Oliveira, de 26 anos, morador do povoado Jejuí, zona rural de Paulo Ramos. O povoado fica próximo ao município de Lago da Pedra.

O corpo apresenta vários hematomas, o que deixa  a entender que o homem foi espancado antes de ser morto com vários tiros. Pelo menos seis perfurações foram encontradas.

Jhonatan no local onde foi deixado
Jhonata, ficou muito conhecido na cidade de Lago da Pedra após abrir uma panificadora no bairro Macaúba. Porém, há  alguns meses, o negócio tinha fechado. Ele era suspeito de ter ligação com a morte de Cássio Vaqueiro, que aconteceu no último sábado (15), na estrada do povoado Jejuí, após desavença em uma festa no povoado Pereiras, que fica próximo de onde o corpo do vaqueiro foi encontrado.

Matéria do blog do Walney Batista

segunda-feira, 17 de julho de 2017

Homem encontrado morto á bala no município de Bacabal, poderá ser de Lago da Pedra

A vitima
No fim da tarde dessa segunda-feira (17), por volta das 17:30hs, um homem foi encontrado morto com requinte de crueldade nas margens da BR 316, no Povoado Sitio Novo, município de Bacabal-MA.

 Segundo as testemunhas que relataram aos Policiais Militares, cerca de 3 elementos em um FIAT/STRADA, cor vermelha(Placa não identificada), chegaram nas proximidades da ponte do Povoado e jogaram o corpo de uma pessoa ladeira abaixo.

O corpo da vitima no chão
Populares foram verificar e não conseguiram identificar a vítima, pois o rosto, e parte do corpo estavam cheio de sinais de espancamento, provavelmente a vítima foi espancada antes de ser executada.

A Polícia Militar foi acionada, via Central de Operações (COPOM),
sendo informada que populares haviam encontrado o corpo de um jovem, de aproximadamente 25 anos, em um barranco perto da ponte do povoado Sítio Novo, em Bacabal.

Projétil de uma arma calibre 38
No corpo da vítima, ainda não identificada, foram constatadas cerca de seis perfurações a bala e encontrado um projétil de arma calibre 38.

Investigadores da Polícia Civil e soldados do Corpo de Bombeiros também estiveram no local. O corpo  foi resgatado e encaminhado para o necrotério do Pronto Socorro Municipal(Bacabal-MA).


Ainda de acordo com testemunhas, os três homens em um veículo picape Fiat/Strada que foram vistos no local, em seguida, saíram no sentido ao município de Lago da Pedra.

O jovem parece ser de aproximadamente 25 anos, e tem uma tatuagem no braço direito e outra tatuagem na barriga.

Policia Militar e Polícia civil estiveram no local e não conseguiram nem pista que identificasse a vítima.
                                                  
Fonte: Blog do Sargento Brito e blog do Sérgio Matias

Acidente fatal : Dois jovens perdem a vida em acidente com motos na MA-119 próximo a cidade de Paulo Ramos

as motos do acidente
Na madrugada de domingo(16/04), para segunda-feira(17/04), por volta das 01:30hs, em um grave acidente automobilístico dois jovens perderam suas vidas na MA 119, estrada que liga as cidades de Lago da Pedra e Paulo Ramos – MA.

 Duas motocicletas, se chocaram frontalmente, e devido à violência do impacto, os dois condutores das motocicletas vieram a óbito ainda no local.

 
As vitimas do acidente
As vítimas foram identificados como sendo “Werson Barbosa Moura” e “ Bernardo Victor Campelo,” os dois  residentes da cidade de Paulo Ramos – MA, com eles estavam duas jovens na garupa das motos, sofreram escoriações e foram socorridas para o hospital, mais até o presente momento não temos informações sobre seus quadros clínicos.

Informações do blog do Sargento Brito

.

quinta-feira, 13 de julho de 2017

Policia do Maranhão Prende Policiais do Mato Grosso no Município de Santa Luzia do Tide

Da esquerda para direita: dois policiais militares de Mato Grosso e dois homens, cuja identidades não foram divulgadas.

Dois policiais militares da Rotam do Batalhão de Rondas Ostensivas Tático Móvel da Polícia Militar (PM) de Mato Grosso foram presos no município de Santa Luzia, a 294 km de São Luís.

Eles são suspeitos de fazerem uma família refém para cobrar uma dívida. O caso ocorreu no povoado Faíza, localizado na zona rural da cidade.

Segundo a polícia, eles teriam chegado a manter uma família, refém, amarrada, sob a mira de armas para forçar o pagamento da tal dívida. O soldado Edoriel Tales Taques Albuquerque e o cabo Wellington Bispo Nunes agiram junto com outros dois homens, que também foram presos, de acordo com a polícia.

O comando da PM de Mato Grosso foi informado da prisão dos policiais e disse que os dois haviam pedido folga no início da semana.


Com o grupo, a polícia apreendeu armas as armas usadas para intimidar as vítimas, além de rádios de comunicação.

Fonte: Portal Veras
Do G1 MA

quarta-feira, 12 de julho de 2017

Juiz federal Sérgio Moro, condena o ex-presidente do Brasil Luiz Inácio Lula da Silva á nove anos e meio de prisão

Lula
O juiz Sérgio Moro, responsável pelos processos da Lava Jato na primeira instância, condenou o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva em uma ação penal que envolve o caso da compra e reforma de um apartamento triplex em Guarujá, no litoral de São Paulo.

Ele foi condenado a nove anos e seis meses.

A sentença foi publicada nesta quarta-feira (12).

Triplex no Guarujá

O que diz o MPF: A construtora OAS destinou à família do ex-presidente Lula um triplex no Condomínio Solaris, em frente à praia, em Guarujá. Antes de a empreiteira assumir a obra, o edifício era comercializado pela antiga cooperativa de crédito do Sindicato dos Bancários de São Paulo, conhecida como Bancoop, que faliu. A ex-primeira-dama Marisa Letícia tinha uma cota do empreendimento.

O imóvel, segundo o MPF, rendeu um montante de R$ 2,76 milhões ao ex-presidente. O valor é a diferença do que a família de Lula já havia pagado pelo apartamento, somado a benfeitorias realizadas nele.

Parte da denúncia é sustentada com base em visitas que Lula e Marisa Letícia fizeram ao apartamento, entre 2013 e 2014. Segundo procuradores, a família definiu as obras a serem feitas no imóvel, como a instalação de um elevador privativo.

O que diz a defesa: A defesa de Lula reconhece que Marisa Letícia tinha uma cota para comprar um apartamento no Condomínio Solaris. No entanto, diz que ela desistiu da compra quando a Bancoop faliu e a OAS assumiu o empreendimento.

Segundo os advogados, o apartamento 164 A está em nome da OAS, mas, desde 2010, quem detém 100% dos direitos econômico-financeiros sobre o imóvel é um fundo gerido pela Caixa Econômica Federal.
Sobre as visitas de Lula e Marisa ao apartamento, a defesa alega que eles queriam conhecer o imóvel e planejar uma possível compra. Afirmam, porém, que, mesmo com as benfeitorias realizadas pela construtora, a compra não foi realizada.

Armazenamento de bens

O que diz o MPF: A OAS pagou R$ 1.313.747,24 para a empresa Granero guardar itens que Lula recebeu durante o exercício da presidência, entre 2002 e 2010. O pedido foi feito pelo presidente do Instituto Lula, Paulo Okamotto, e pelo próprio ex-presidente da República.

O que diz a defesa: Os itens sob a guarda da Granero não eram bens de uso pessoal do ex-presidente, mas faziam parte do acervo presidencial, que lhe foi concedido pela Secretaria-Geral da Presidência da República, assim que ele deixou o mandato. Segundo o Instituto Lula, a maior parte dos materiais são cartas, camisetas e peças de artesanato.

Conforme Paulo Okamotto, o ex-presidente da OAS Léo Pinheiro se ofereceu para ajudar temporariamente o Instituto Lula a armazenar os objetos em um espaço que a empresa já alugava na Granero. Okamotto nega qualquer irregularidade no apoio dado pela OAS.

Nomeações na Petrobras

O que diz o MPF: Quando era presidente, Lula usou seu poder para manter na Petrobras os ex-executivos Paulo Roberto Costa, Pedro Barusco e Renato Duque – já condenados na Lava Jato por atuar em favor de um cartel que fraudava contratos na Petrobras. O MPF defende que a manutenção deles nos cargos favoreceu o consórcio liderado pela OAS.

O que diz a defesa: Todas as nomeações para as diretorias da Petrobras foram feitas a partir de indicações de aliados políticos. Lula apenas assinou as ordens para que as pessoas assumissem os respectivos cargos.

Benefícios para a OAS

O que diz o MPF: Consórcios dos quais a OAS fazia parte conseguiram contratos para obras na Refinaria Presidente Getúlio Vargas (Repar), em Araucária, na Região Metropolitana de Curitiba, e na Refinaria Abreu e Lima (Rnest), em Pernambuco.

Na Repar, antes da licitação, a Petrobras fez um orçamento para a obra e estimou que gastaria até R$ 1,4 bilhão. No entanto, a estatal acabou fechando contrato no valor de R$ 2,079 bilhões, quase 50% a mais do esperado. Outros dois contratos com sobrepreço ocorreram na Rnest. Juntos, custaram cerca de R$ 4,4 bilhões.


O que diz a defesa: Lula não atuou em favor de cartel na Petrobras, e não há evidências que suportem a denúncia. O foco de corrupção alvo da Lava Jato está restrito a alguns agentes públicos e privados, que atuavam de forma independente, regidos pela dinâmica de seus próprios interesses, e alheios à Presidência da República.

Por: Neto Ferreira

terça-feira, 11 de julho de 2017

Alerta do blog - Atenção Policia ! Dinheiro falso circula por Lago da Pedra

Nota falsa
Em visita a algumas lojas de variedades pelo centro de Lago da Pedra - MA, nesta semana, em uma delas chegamos a conversar com alguns proprietários, e em uma dessas conversas, fomos informados de que uma pessoa, ainda não identificada, passou uma nora de R$ 20.00 falsa, quando no momento de pagamento de uma compra, a moça do caixa, não percebendo a diferença do dinheiro, recebera naturalmente. A cédula só foi percebida, quando uma outra funcionária chegando ao caixa, percebera que havia umas diferenças entre as notas de mesmo valor na gaveta, ou seja; a cor de uma delas era mais clara e a cédula mais grosseira.

Cédula falsa
De acordo com o que obtivemos de informações nesse dia, calcula-se, que há uma quadrilha de pessoas distribuindo notas falsas pela cidade, e há quem diga, que tem nota falsa é tão idêntica com a original, que nem mesmo a caneta de laser é capaz de detectar a fralde, inclusive, os símbolos que fica na transparência, e a fita que tem nas notas oficiais, tem nas falsas também e com a mesma semelhança.

Atenção polícia, muito cuidado nesta hora.



Forró MY LOVE, a banda foi destaque no festival do Galo Duro em Paulo Ramos



Uma banda Maranhense do município de Vitorino Freire - MA, vem se destacando nos últimos anos no cenário musical, e a cada apresentação, mostra um repertório atualizado, e com suas letras e melodia românticas, embalam relacionamentos de muitos casais, sempre falando de amor.
 
Músicas que valem apenas curtir com a família, amigos e acessibilidade de se ouvir em todo lugar.

Sem precisar de apelação com músicas imorais, o forró MY LOVE mostra que para fazer sucesso, basta tocar o gosto do coração, com músicas que marcaram épocas e que ainda hoje mexem com os corações apaixonados.

Os vocalistas da banda são bons, tem presença de palco, vozes lindas e cantam a vós do coração.

Forró MY LOVE, é uma das mais requisitadas bandas do nordeste, vale apena conferi!

Leve forró MY LOVE para sua cidade.

É do Maranhão, é nossa, é da gente, é de casa.